terça-feira, 17 de abril de 2018

UMA PIADA APOCALÍPTICA


Bem amigos aqui do blog, hoje vou postar uma "piada apocalíptica".
Piada engraçada, que, sei, já circula na internet há muito tempo.
Mas hoje, quando recebi novamente de um amigo, decidi postar para ilustrar que muito do que posto aqui, por verdadeiro, já virou até piada.
Não dou o crédito ao autor, por que desconheço... mas, se alguém souber de quem é, por favor me informe que publicarei
De qualquer maneira, a piada é boa. 

                              ______________________________

- Alô! De onde falam?

- Google´s pizza.

... - Mas este telefone não era da Pizzaria do Gordo?

- Sim senhor, mas a Google comprou.

- OK. Anote meu pedido.

- O Senhor vai querer a de sempre?

- A de sempre? Você me conhece?

- Segundo nossa planilha de dados do identificador de chamadas, nas últimas 12 vezes, o senhor pediu meia quatro queijos, meia calabresa, massa grossa.

- Tá! Vai esta mesmo...

- Posso sugerir-lhe, desta vez, meia ricota, meia rúcula com tomate seco?

- O quê? Odeio verduras.

- É que seu colesterol não anda bom, senhor...

- Como você sabe?

- Cruzamos o número de sua linha fixa com seu nome, pelo guia de assinantes. Temos o resultado dos seus exames de sangue dos últimos 7 anos. Além disso, segundo dados da seguradora, o senhor tem consultado um cardiologista.

- Ok, mas eu não quero essa pizza! Já tomo remédio...

- Desculpe-me, mas o senhor não tem tomado remédio regularmente.
Pelo nosso banco de dados comerciais, faz 4 meses que o senhor adquiriu uma caixa com 30 comprimidos para colesterol com desconto na Rede Drogasil, onde é cadastrado. Parcelou em 3 vezes sem acréscimo, conforme informações da administradora do seu cartão Visa final 5692.

- Posso ter comprado com cheque ou dinheiro, seu esperto...

- Só se foi em dólares não declarados. O senhor emitiu apenas 2 cheques nos últimos 3 meses, segundo seus dados bancários. Suas retiradas em dinheiro costumam ser de R$ 990,00 e ocorrem pouco antes do dia 10, possivelmente para pagar sua empregada que recebe esse salário desde maio.

- Até o salário da empregada... Como você sabe?

- Pelo valor do INSS que o senhor recolhe mensalmente através do banco online.

- Vá se danar, seu metido!

- Me desculpe, senhor, utilizamos tais informações apenas com a intenção de ajudá-lo.

- Chega! Estou cansado de Google, Facebook, Twitter, WhatsApp, celulares, tablets, computadores e toda essa falta de privacidade. Vou para as ilhas Fiji ou, sei lá, para outro lugar remoto, que não tenha internet, TV a cabo, o celular não dê linha e não haja ninguém para me vigiar.

- Entendo senhor... Só uma última coisinha...

- O que foi agora?

- Seu passaporte está vencido.

                              ______________________________

Sim, a piada é boa. Muito boa. Ou pior, é verdadeira... 
E parece que todos já sabem, acham normal, e consideram uma piada.
Tudo está mudando rapidamente... e estamos todos sendo controlados.
Não consegue ver?
Veja os sinais...
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

quinta-feira, 15 de março de 2018

O FIM DO MUNDO SEGUNDO STEPHEN HAWKING



E morreu Stephen Hawking, um dos grandes gênios da humanidade. Dono de uma das mentes mais brilhantes da história, não reconheceu a existência de Deus.
Aparentemente, preferiu mesmo crer que Ele não existe, e se isso for verdade, já descobriu da pior maneira seu terrível engano, que agora não pode mais ser corrigido. Muito triste...
Entretanto, devido a sua mente brilhante, e também ao nível de informação que tinha acesso, mesmo não crendo na Bíblia, acertou em muitas de suas previsões de aspectos científicos do fim do mundo... Embora, claro, não todas as previsões, pois não recebeu a revelação pelo Espírito Santo!
O UOL publicou em artigo especial, 8 de suas previsões sobre o fim da humanidade e/ou do planeta, matéria que você pode conferir clicando aqui...
Neste post, comento cada uma das suas profecias citadas na matéria, e comparo com a Bíblia, porque A Palavra de Deus, sim, não erra... e Hawking, embora brilhante, acertou muito.
Porém, em algumas delas e na conclusão, errou...

1. Segundo a matéria, Hawking declarou em 2017 que a humanidade tem menos de 600 anos para deixar a Terra pois o crescimento populacional e o aumento do consumo de energia transformarão a Terra em uma bola de fogo até 2600.

Meu comentário: Sim, ele acerta ao reconhecer que a humanidade precisará deixar a terra, porque o próprio Deus diz que isso acontecerá, mas não há tanto tempo assim para que isso ocorra. Esta “evacuação” segundo a Bíblia não será por meio de naves espaciais, mas o próprio Senhor Jesus Cristo providenciará esta evacuação pelo Seu Poder... E porque esta evacuação será mesmo necessária, pela dimensão do Juízo que virá, esta oportunidade está disponível a toda a humanidade, pela salvação pela graça, por meio da fé em Jesus Cristo, e, aí sim, posteriormente, pelo arrebatamento. Pela retirada dos que são Seus. Infelizmente, será um livramento para poucos, mas que ainda está disponível a todos que de decidam nEle crer, e assim se “inscreverem” para esta “viagem”! Veja alguns textos bíblicos sobre o tema:

João 14:3 E, quando eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para mim mesmo, para que, onde eu estou, estejais vós também
I Tessalonicenses 4:16-18 Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor. Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras.
Isaías 51:6 Levantai os olhos para os céus e olhai para a terra embaixo, porque os céus desaparecerão como a fumaça, e a terra envelhecerá como um vestido, e os seus moradores morrerão como mosquitos, mas a minha salvação durará para sempre, e a minha justiça não será anulada.

2. Hawking alertou quanto aos riscos da evolução da Inteligência Artificial para a humanidade. "O sucesso em criar a inteligência artificial pode ser o maior evento na história de nossa civilização. Ou o pior. Nós só não sabemos. Nós não podemos saber se seremos infinitamente ajudados ou até destruídos por ela".

Meu comentário: Neste caso, ele acerta (informações privilegiadas?) quanto ao erro da humanidade em criar a tal da “inteligência artificial”, pois é mais uma expressão clara da rejeição à Sabedoria do Senhor. Essa rejeição teve início logo após o pecado entrar do mundo, tanto ao Seu governo quanto à Sua Sabedoria, e atinge seu ápice em nossos dias, com o uso intenso da tecnologia e de decisões de governo contrariando frontalmente a Sua Palavra. Entretanto, seu efeito em relação ao fim do mundo não é direto em causá-lo, mas sim, indireto, ao fazer com que as pessoas valorizem mais a IA do que a Sabedoria de Deus, e assim, não estejam preparadas para o que virá... Assim, a meu ver, ele acertou parcialmente.
Por outro lado, se aplicarmos o “saber“ ou o “conhecimento” multiplicado segundo o texto de Daniel 12:4b também em relação à IA, ele terá acertado “na veia...”

Jeremias 8:9 Os sábios serão envergonhados, aterrorizados e presos; eis que rejeitaram a palavra do SENHOR; que sabedoria é essa que eles têm?
Provérbios 1:24-30 (Diz a Sabedoria de Deus...) Mas, porque clamei, e vós recusastes; porque estendi a mão, e não houve quem atendesse; antes, rejeitastes todo o meu conselho e não quisestes a minha repreensão; também eu me rirei na vossa desventura, e, em vindo o vosso terror, eu zombarei, em vindo o vosso terror como a tempestade, em vindo a vossa perdição como o redemoinho, quando vos chegar o aperto e a angústia. Então, me invocarão, mas eu não responderei; procurar-me-ão, porém não me hão de achar. Porquanto aborreceram o conhecimento e não preferiram o temor do SENHOR; não quiseram o meu conselho e desprezaram toda a minha repreensão.

3. No documentário "The Search for a New Earth", o britânico disse que é imprescindível desenvolver tecnologias que possibilitem a colonização de um outro planeta com a maior urgência possível e sugere o Ross 128 b com o 'novo lar' da humanidade. De acordo com Hawking, há várias ameaças para a humanidade que podem provocar a extinção da nossa espécie, tais como as alterações climáticas e a superpopulação.

Meu comentário: Como já vimos, (João 14:3) já há um ‘novo lar’ sendo preparado, e que em breve estará disponível. O próprio Senhor Jesus foi preparar lugar para os que O receberem...
Já quanto a superpopulação não há nada na Bíblia como motivo para o fim do mundo, e nesse caso, ele errou.
Já as alterações climáticas, sim, vão acontecer no Juízo. E algumas delas serão terríveis, e já podemos ver seu início em curso nas manchetes diárias. Nesse ponto, Hawking certo!

Isaías 29:6 Do SENHOR dos Exércitos vem o castigo com trovões, com terremotos, grande estrondo, tufão de vento, tempestade e chamas devoradoras.
Ezequiel 38:22 Contenderei com ele por meio da peste e do sangue; chuva inundante, grandes pedras de saraiva, fogo e enxofre farei cair sobre ele, sobre as suas tropas e sobre os muitos povos que estiverem com ele.
Lucas 21:25-26 Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas; sobre a terra, angústia entre as nações em perplexidade por causa do bramido do mar e das ondas; haverá homens que desmaiarão de terror e pela expectativa das coisas que sobrevirão ao mundo; pois os poderes dos céus serão abalados.

4. Hawking falou sobre a busca por contato com alienígenas como algo ariscado. Os alienígenas podem ser "saqueadores" que conquistam os planetas para se apropriar dos recursos.

Meu comentário: Bem, quanto a esta questão dos alienígenas, sei que minha posição é polêmica. Eu não creio em seres extraterrestres, tipo homenzinhos verdes ou cinzas, com cabeças grande e tal, embora essa possa até mesmo ser a apresentação deles... O que creio é que são anjos caídos; “extraterrestres”, porque não são daqui. Nós, humanos, somos terrestres, segundo a Criação de Deus. Falo mais sobre isso no post que você pode ler, se quiser, clicando aqui
Mas sim, creio que eles, os anjos caídos, demônios, além de “nephlins” remanescentes, serão libertos naqueles dias, e vão agir aqui na terra por certo tempo. Para fundamentar minha posição, apresento estes dois textos, em especial o de Apocalipse, que demonstra claramente que haverá seres assustadores causando dores terríveis à humanidade. Acredito que os que fazem parte do “sistema” das trevas também sabem que isso vai acontecer, porque tem alertado em diversos filmes de Hollywood nos últimos anos... Sim, Hawking acertou! Ou ele sabia?

Joel 2:1-5 Tocai a trombeta em Sião e dai voz de rebate no meu santo monte; perturbem-se todos os moradores da terra, porque o Dia do SENHOR vem, já está próximo; dia de escuridade e densas trevas, dia de nuvens e negridão! Como a alva por sobre os montes, assim se difunde um povo grande e poderoso, qual desde o tempo antigo nunca houve, nem depois dele haverá pelos anos adiante, de geração em geração. À frente dele vai fogo devorador, atrás, chama que abrasa; diante dele, a terra é como o jardim do Éden; mas, atrás dele, um deserto assolado. Nada lhe escapa. A sua aparência é como a de cavalos; e, como cavaleiros, assim correm. Estrondeando como carros, vêm, saltando pelos cimos dos montes, crepitando como chamas de fogo que devoram o restolho, como um povo poderoso posto em ordem de combate.
Apocalipse 9:1-12 ​ O quinto anjo tocou a trombeta, e vi uma estrela caída do céu na terra. E foi-lhe dada a chave do poço do abismo. Ela abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço como fumaça de grande fornalha, e, com a fumaceira saída do poço, escureceu-se o sol e o ar. Também da fumaça saíram gafanhotos para a terra; e foi-lhes dado poder como o que têm os escorpiões da terra, e foi-lhes dito que não causassem dano à erva da terra, nem a qualquer coisa verde, nem a árvore alguma e tão-somente aos homens que não têm o selo de Deus sobre a fronte. Foi-lhes também dado, não que os matassem, e sim que os atormentassem durante cinco meses. E o seu tormento era como tormento de escorpião quando fere alguém. Naqueles dias, os homens buscarão a morte e não a acharão; também terão ardente desejo de morrer, mas a morte fugirá deles. O aspecto dos gafanhotos era semelhante a cavalos preparados para a peleja; na sua cabeça havia como que coroas parecendo de ouro; e o seu rosto era como rosto de homem; tinham também cabelos, como cabelos de mulher; os seus dentes, como dentes de leão; tinham couraças, como couraças de ferro; o barulho que as suas asas faziam era como o barulho de carros de muitos cavalos, quando correm à peleja; tinham ainda cauda, como escorpiões, e ferrão; na cauda tinham poder para causar dano aos homens, por cinco meses; e tinham sobre eles, como seu rei, o anjo do abismo, cujo nome em hebraico é Abadom, e em grego, Apoliom.
II Pedro 2:4 Ora, se Deus não poupou anjos quando pecaram, antes, precipitando-os no inferno, os entregou a abismos de trevas, reservando-os para juízo;

5. Hawking prediz que "As ações de Trump podem levar a Terra à beira do abismo e transformá-la em Vênus, com uma temperatura de 250º C e chuva de ácido sulfúrico." "Estamos em um ponto crítico no qual o aquecimento global vai se tornar irreversível", alertou o cientista.

Meu comentário: Não, Trump não pode causar algo que Deus disse que vai acontecer. Portanto, acontecerá com Trump ou sem ele... porque sim, segundo a Bíblia o sol será aquecido em uma proporção como que sete vezes mais, se literal ou por figura, não posso ser claro, embora sempre siga pela literalidade da Bíblia. E sim, causará um grande degelo, sem precedentes, que produzirá ribeiros e correntes de águas em todo monte alto e outeiro em que houver neve... Hawking acertou na previsão, mas errou o agente.

Isaías 30:25-26 Em todo monte alto e em todo outeiro elevado haverá ribeiros e correntes de águas, no dia da grande matança quando caírem as torres. A luz da lua será como a do sol, e a do sol, sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o SENHOR atar a ferida do seu povo e curar a chaga do golpe que ele deu.

6. Buracos negros podem ser convertidos em usinas de energia O Universo, segundo Stephen Hawking, pode ter buracos negros do tamanho de montanhas que poderiam prover energia suficiente para abastecer nosso planeta.

Meu comentário: Aqui creio que ele errou, partindo do princípio que a Bíblia, pelo menos até onde sei, não fala em buracos negros; ainda assim, creio, principalmente, que das trevas não vem qualquer forma de bênção para a humanidade, mas, sim, que toda a bênção vem da Luz, e do Pai das luzes. Entretanto, os homens amam as trevas porque suas obras são más...

Tiago 1:17-18 Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança. Pois, segundo o seu querer, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como que primícias das suas criaturas.
João 3:19 O julgamento é este: que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz; porque as suas obras eram más.

7. Hawking disse no Museu da Ciência de Londres em 2015, que "Pode ter sido uma vantagem para a sobrevivência na época dos homens das cavernas, para conseguir mais comida, território ou parceiros para reprodução, mas agora é uma ameaça que pode destruir todos nós", mas uma grande guerra mundial significaria o fim da civilização e talvez o fim da raça humana.

Meu comentário: Bem, aqui ele acertou e errou. Haverá sim uma grande guerra mundial, precedendo o fim da civilização como a conhecemos, segundo a Bíblia, mas não, ela não causará o fim da raça humana. A raça humana como a conhecemos será substituída por seres humanos em corpos superiores, como deveria ser desde o princípio... o que será uma grande bênção... oportunidade disponível a todos ainda hoje, novamente pela salvação em Cristo, pela graça, por meio da fé... aqui, mais uma vez, ele acertou em parte, e errou em parte.

Apocalipse 6:3 Quando abriu o segundo selo, ouvi o segundo ser vivente dizendo: Vem! E saiu outro cavalo, vermelho; e ao seu cavaleiro, foi-lhe dado tirar a paz da terra para que os homens se matassem uns aos outros; também lhe foi dada uma grande espada.
Mateus 24:6-8 E, certamente, ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; vede, não vos assusteis, porque é necessário assim acontecer, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, reino contra reino, e haverá fomes e terremotos em vários lugares; porém tudo isto é o princípio das dores.
E quanto ao novo corpo:
I Coríntios 15:49-54 E, assim como trouxemos a imagem do que é terreno, devemos trazer também a imagem do celestial. Isto afirmo, irmãos, que a carne e o sangue não podem herdar o reino de Deus, nem a corrupção herdar a incorrupção. Eis que vos digo um mistério: nem todos dormiremos, mas transformados seremos todos, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade. E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, então, se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada foi a morte pela vitória.

8. Em 2001, Hawking disse ao jornal britânico Daily Telegraph que a raça humana enfrenta a perspectiva de ser exterminada por um vírus criado por ela mesma. "No longo prazo, fico mais preocupado com a biologia. Você não consegue regulamentar cada laboratório do mundo. O perigo é que, seja por um acidente seja algo planejado, criemos um vírus que possa nos destruir", disse o cientista.

Meu comentário: Aqui, creio que sim, ele acertou em uma das questões que considero mais literais, mas também, mais polêmicas do que creio e compartilho aqui.
Jesus declarou literalmente que teremos pestes em larga escala dizimando a humanidade nos últimos dias. Creio que a causa destas pestes pode ser justamente experimentos farmacológicos.

Lucas 21:11 Haverá grandes terremotos, fomes e pestes em vários lugares, e acontecimentos terríveis e grandes sinais provenientes do céu.

Porque penso em experimentos farmacológicos biblicamente?

Apocalipse 9:20 nem ainda se arrependeram dos seus assassínios, nem das suas feitiçarias, nem da sua prostituição, nem dos seus furtos.

A palavra “feitiçarias” aqui, vem da palavra grega “pharmakeya” de onde veio a palavra “farmacêutica” em português. Palavra, que, creio, neste caso, poderia ser aplicada exatamente ao risco e ao resultado de que Hawking está falando aqui... não acha? Bem, eu acho!

Concluindo, vejo que muitos, inclusive os jornalistas, levam em consideração as previsões de Hawking porque “são científicas”, e não aceitam as da Bíblia porque “não falam em religião.”
Mas quando demonstramos que elas se sobrepõem, não sei exatamente como vão se posicionar... tenho muita curiosidade acerca disso...
A grande questão a considerarmos é que, se acreditamos nas profecias de Hawking, precisamos acreditar nas Bíblicas de igual teor... E se acreditamos nelas, precisamos de uma solução porque o cenário que elas nos apresentam, é catastrófico!
E se formos mais fundo, estes 8 pontos de Hawking não alcançam as dezenas de pontos que a Bíblia relata acerca do cenário dos últimos dias.
A questão é que precisamos de uma solução se tudo isso é verdadeiro... e, acredite, é!
A diferença entre as duas alternativas oferecidas é que a proposta de Hawking é levar a humanidade para outro planeta daqui há alguns séculos, o que é claramente impossível...
E ainda assim, se a tecnologia for disponível daqui a séculos, não há controle se as profecias esperarão até lá para seu cumprimento...
A minha conclusão acerca de suas previsões é que ele, pelas suas observações científicas e acesso a círculos de poder e ciência de “alo nível” do mundo, sabia muita coisa acerca do que virá, e sabia que não há esperança científica... e para ele, neste momento, também já não faz mais a menor diferença, porque já entrou em seu destino eterno...
Por outro lado, a Bíblia apresenta o cenário terrível do que virá, pior do que de Hawking, mas apresenta uma solução, que está disponível a todos. A solução é a salvação pela graça, por arrependimento de pecados, por meio da fé, pela obra de Jesus Cristo na cruz do Calvário.
Sim, ninguém precisa realmente participar deste momento terrível da história da humanidade, que Jesus descreve como algo que “nunca aconteceu antes na história do planeta, nem nunca, jamais, acontecerá nada parecido...” de tão terrível que será.
Mas é necessário aceitar o convite de nosso Senhor, e as Suas regras, que estão em Sua Palavra!
Bem amigos aqui do Blog... veja que vivemos dias em que até mesmo cientistas estão profetizando sinais acerca dos últimos dias! Até mesmo eles estão vendo o que se aproxima...
Você não consegue ver?
Veja os sinais...
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão


quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

A MORTE DE BILLY GRAHAM E OS ÚLTIMOS DIAS...


"Somos ensinados nas Escrituras que haverão sinais apontando para o retorno do Senhor. 
Eu creio que vemos estes sinais no mundo hoje. Eu creio que a vinda do Senhor está próxima"

Billy Graham


Bem amigos, Billy Graham, provavelmente o pastor evangélico mais conhecido e admirado do último século, descansou nesta manhã de 21 de fevereiro de 2018.
Aos exatos 99 anos e 3 meses de uma vida inteira dedicada ao evangelho, deixa um legado incontestável. Sei que até há alguma polêmica em torno de alguns pontos de sua doutrina, mas isso não vem ao caso para este post. Quem sou eu para falar de Billy Graham?
O pastor mais influente, conselheiro de presidentes americanos, que pregou ao vivo para 200 milhões de pessoas em 185 países, além de incontáveis outras pelo rádio, TV e internet.
Provavelmente o pastor evangélico mais conhecido mundialmente.
Mas, como você sabe que este blog está relacionado a temas dos últimos dias. Não me apedreje, mas creio que alguns aspectos da vida deste homem, e hoje, sua morte, podem nos levar a inclui-lo entre tantos indicadores que fazem parte do cenário dos últimos dias.
Não, não se trata de um post literalmente bíblico, mas a algo que enquadraria como “conjecturas”. Conjecturas não dizem respeito à doutrina, à literalidade bíblica direta, à revelação, mas sim, conjecturas. Apenas conjecturas. Ok? 
Não me apedreje por este texto mas avalie com carinho meu exercício. Ou se preferir, desista do post, e vá fazer outra coisa...
Neste texto, quero propor que entendo haver um paralelo interessante a considerar na sua vida, como “material de apoio externo”, que, apesar de não diretamente bíblico, não contraria A Palavra de Deus.
Desde 2010 algumas pessoas chamaram minha atenção, com textos publicados em sites e blogs americanos, traçando paralelo e considerando Billy Graham como um "Matusalém contemporâneo”. 
Muitos deles diziam desde aquela época, que ele poderia ser alguém que seria como que um “marcador de tempo profético” por sua história de vida, por sua influência mundial, e pelo avançado de sua idade. Se você fizer uma rápida pesquisa na internet, associando o nome de Billy Graham com Methuselah, que é Matusalém em inglês, verá muita coisa ainda disponível.

(Aproveito para fazer um parêntese para compartilhar uma brincadeira interessante, um paradoxo. Você sabia que Matusalém, embora seja o homem que mais anos viveu neste planeta, morreu antes de seu pai? Essa é boa, não? Bem, isso aconteceu porque Matusalém era filho de Enoque, que ainda não morreu, porque foi arrebatado...)

Sim, inegável que Matusalém é alguém profético! Afinal seu pai foi arrebatado, e ele morreu exatamente no ano do início do dilúvio. Noé, o edificador da arca, era seu neto!
Seu filho Lameque viveu menos que ele, mas viveu o interessante número de 777 anos!
Sim, interessante por que sete é um número bíblico importante, que marca algo como completo, perfeito. Uma quantidade exata e plena.
Assim que encontramos na Bíblia os sete dias da criação, e teremos provavelmente sete milênios da história da humanidade segundo a contagem bíblica. Temos as sete igrejas que recebem sete cartas de Jesus no livro do Apocalipse. Temos também as setenta semanas proféticas de Daniel, e a última semana, sete anos, do período da tribulação... Temos também Jesus exortando a Pedro e a todos nós, a perdoarmos setenta vezes sete... enfim... sete é um número interessante e muito importante biblicamente. Portanto, 777 nos deve chamar a atenção para alguma coisa em particular. 
Não acham?
Bem, eu acho. Ainda mais quando estes três nomes fazem parte de uma sequência interessante escondida nos primeiros nomes da história, e seus significados, se encadeados, nos levam a um entendimento fantástico! Algo que somente o Senhor poderia levar as pessoas a realizar, ao escolherem livremente os nomes de seus próprios filhos...
Deixe mostrar isso, associando o nome hebraico original a seu significado em português:

Hebraico       Português
Adão             Homem
Sete               Apontado, determinado
Enos              Mortal
Cainã             Desgraça, pena, aflição
Maalalel        O Santo Deus
Jerede            Descerá
Enoque          Ensinando
Matusalém    Sua morte trará
Lameque       Desesperado, sem esperança
Noé               Descanso ou conforto

Esta sequência dos nomes nos leva à possibilidade de escrever um texto assim, que traduzo do inglês pois vi essa aplicação em um site anos atrás:

"(Ao) Homem (está) determinado mortal penalidade; (mas) o Santo Deus descerá ensinando (que) Sua morte trará (ao) sem esperança, (o) descanso."

Sim, me parece lógica esta construção ao alinharmos os significados dos nomes.
Claro está para mim que encontramos aqui, na sequência dos nomes até Noé, uma profecia de duplo cumprimento e/ou significado:
O primeiro cumprimento: "Sua morte trará ao sem esperança, o descanso", claramente aponta para o fato de que "o Santo Deus desceu", pois Jesus O Cristo veio e viveu entre nós, "trazendo esperança" de salvação, como sabemos!
O segundo cumprimento, se encerra em uma dualidade: "O Santo Deus desceu" e a "sua morte" - morte de Matusalém - trará "desesperança" em Lameque, ou "descanso e conforto" em Noé.
Sim, os que foram até Noé, ou no caso, até a arca, as sete almas experimentaram descanso e conforto pela salvação que alcançaram. Já os que pararam em Lameque, ou seja, ficaram fora da arca, experimentaram o desespero e a desesperança, quando veio o dilúvio.
Bem, o nome Matusalém significa, portanto, algo como "sua morte trará"...
Ou seja, quando Enoque que andava com Deus, em profunda comunhão, deu um nome bem diferente e profético a seu filho. Com certeza, porque já sabia segundo revelação de Deus que, quando ele morresse, sua morte desencadearia algo. Afinal, é um nome muito diferente, não acham?
Imagino que alguém que vivesse tanto tempo naqueles dias, com um nome tão peculiar, deveria chamar muito a atenção do mundo em que viveu. Afinal, o que a sua morte traria?
Hoje sabemos que provavelmente Matusalém, em sua morte, "trouxe" o dilúvio. 
Sim, segundo a cronologia bíblica, Matusalém morreu no ano do início do dilúvio.
Podemos imaginar que ele acompanhou a construção da arca por seu neto, Noé, até porque Lameque, seu filho, morreu bem antes como vimos... Na verdade o que me interessou em minhas pesquisas é que há alguns estudiosos que trazem uma proposta muito interessante e possível... já digo.
Antes, veja que a Bíblia nos diz que Noé ficou sete dias dentro da arca antes de começar o dilúvio:

“Por causa das águas do dilúvio, entrou Noé na arca, ele com seus filhos, sua mulher e as mulheres de seus filhos. Dos animais limpos, e dos animais imundos, e das aves, e de todo réptil sobre a terra, entraram para Noé, na arca, de dois em dois, macho e fêmea, como Deus lhe ordenara. E aconteceu que, depois de sete dias, vieram sobre a terra as águas do dilúvio.”
Gênesis 7:7-10

Não é possível ter certeza, mas alguns destes estudiosos creem que Matusalém teria morrido exatamente no dia em que Noé entrou na arca, para cumprir, assim, a profecia dada em seu nome, ou seja, “sua morte trará”. 
Será?
Não há como provar biblicamente... literalmente... mas, que faz sentido, isso faz!
Já quanto ao ano, não resta dúvidas. Veja o quadro abaixo com as idades de cada um segundo sua geração, que embora em inglês, é claro:


Bem, mas a que nos leva tudo isso?
Se Billy Graham for mesmo considerado um "Matusalém contemporâneo", sua morte poderia significar que estamos mesmo às portas do "dilúvio"... sem marcar uma data específica...
Jesus fez uma declaração interessante sobre esses dias em que vivemos, ou que estão logo ali, adiante de nós, ao comparar estes dias com os "dias de Noé", para que em nossas observações acerca do cenário dos últimos dias, pudéssemos encontrar padrões proféticos.

Ele disse: "Pois assim como foi nos dias de Noé, também será a vinda do Filho do Homem. Porquanto, assim como nos dias anteriores ao dilúvio comiam e bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, senão quando veio o dilúvio e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do Homem."
Mateus 24:37-39

Assim sendo, se os últimos dias serão como os "dias de Noé", não podemos ignorar a morte de Matusalém, nos "dias de Noé", trazendo algo com sua morte...
Não estou fazendo uma exegese de textos, mas estou apenas comparando cenários por lógica.
E neste cenário, destaco que não podemos ignorar a sinalização que está contida em Lameque, filho de Matusalém, pai de Noé, com o número 777.
Porque?
Bem, você que passa por aqui, já sabe que Donald Trump tem sido considerado por judeus e cristãos americanos como um "tipo contemporâneo" de Ciro, rei da Pérsia, que apoiou Esdras e os judeus quando da reconstrução do templo. Sua agenda eleitoral, influenciada pelos evangélicos americanos, incluiu o reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel, o que ele já fez como escrevi aqui, e a ajuda na reconstrução do Templo, algo que ele já disse que fará... Como escrevi aqui.
O chamado de Deus para Ciro para abençoar e ajudar a Seu povo está registrada em Isaías 45:

​"Assim diz o SENHOR ao seu ungido, a Ciro, a quem tomo pela mão direita, para abater as nações ante a sua face, e para descingir os lombos dos reis, e para abrir diante dele as portas, que não se fecharão. Eu irei adiante de ti, endireitarei os caminhos tortuosos, quebrarei as portas de bronze e despedaçarei as trancas de ferro; dar-te-ei os tesouros escondidos e as riquezas encobertas, para que saibas que eu sou o SENHOR, o Deus de Israel, que te chama pelo teu nome."
Isaías 45:1-3

E em uma impressionante coincidência, Trump é exatamente o 45º presidente americano!
Além disso, ao tomar posse no dia 20 de janeiro do ano passado, agora em uma espantosa coincidência, Trump tinha exatos 70 anos, 7 meses e 7 dias! Veja aqui o 777!
Não fosse isso suficiente, o ano de sua posse, segundo o calendário judaico, foi o ano de 5.777!
E sim, claro, um detalhe... Se você não sabe, Trump significa trombeta em português!
Bem, amigos do Blog... estaríamos vivendo dias proféticos?
Sim, Trump e Billy Graham são personagens mundialmente conhecidos... não acha?


A morte de Billy Graham está sendo noticiada mesmo na mídia secular em larga escala, mesmo aqui no Brasil... Veja a matéria que saiu no UOL! Faça suas pesquisas adicionais...
Impressionante sua influência e reconhecimento mundial. Ele morreu aos 99, quase 100 anos, razoavelmente equivalentes, arredondando, aos 969, quase 1000 anos de Matusalém...
Será que a morte de Billy Graham, em meio a um cenário de tantas coincidências, aponta para uma proximidade do período dos últimos "7 dias" ou da última “semana de anos”?
Impossível dizer...
Como já disse, nada disso é literalmente bíblico, senão que faço apenas conjecturas. 
Conjecturas como me permito fazer eventualmente neste blog, desde que tenham algum fundamento bíblico, e que em nada contrariem as Escrituras...
E que, claro, harmonizem com outros conteúdos do cenário bíblico dos últimos dias...
Enfim, deixo estas reflexões para suas considerações.
O que todas estas coincidências significam? Talvez, NADA!
Não posso e não vou concluir nada. Mas o que posso dizer diante de tudo isso é... veja os sinais!
Deus abençoe,


Haroldo Maranhão

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

E AÍ VEM O DOCUMENTO ÚNICO NO BRASIL...


E finalmente (será que agora vai mesmo?) o Presidente da República assinou hoje o decreto instituindo o projeto-piloto do DNI – Documento Nacional de Identificação. Veja a matéria aqui e aqui. Não se trata de iniciativa deste governo, mas aparentemente a conclusão de um projeto ou conceito iniciado no governo FHC, passando por evoluções e modificações nos governos de Lula e Dilma, e concluído (aparentemente) agora. Não se trata de projeto ideológico ou de governo, mas sim, de um movimento global, porque, creio, profético e espiritual. Não se perca em discussões políticas falando de profecia bíblica. Não é o caso. Faça suas pesquisas na internet sobre a evolução deste documento porque todas as informações da evolução do documento único e digital são públicas.
Mas voltando, este documento se for mesmo implantado desta vez, se propõe a substituir o CPF, o Título de Eleitor, as Certidões de Nascimento e de Casamento. Será digital, e poderá ser baixado por todos os cidadãos em seus telefones celulares ou tablets. 
Segundo a matéria, o download estará disponível a partir de julho deste interessante ano de 2018!
Após baixar o documento, será necessário cadastrar em um TRE para associação biométrica que validará o novo documento. Importante e interessante essa estratégia de vincular a biometria com o documento que está no celular, para assegurar que a pessoa que fez o download é efetivamente a pessoa que se apresentou para este fim.
Interessante também porque, coincidentemente, os novos celulares e tablets já tem a facilidade de reconhecimento de impressão digital para os que desejam esta modalidade de segurança.
Adicionalmente, como é do conhecimento de todos, já temos disponível o aplicativo da CNH para celulares, e já é muito mais fácil termos todos estes documentos no mesmo aparelho... não é verdade?
Lembremos também que já temos a facilidade do e-CPF e e-CNPJ, que são digitais. 
Associando tudo isso, nos mesmos celulares, aos aplicativos de nossos bancos, com nossas contas correntes. E que a criação destes aplicativos dos bancos em nossos celulares está, coincidentemente, passando por um período de transição em que, não mais são facilidades acessórias, mas sim, passam a ser obrigatórios para validar operações por motivos óbvios de segurança.
Também já estão nos celulares e tablets outras tantas facilidades como a nossa localização por GPS e a informação dos amigos que estão nas imediações. Quando ligamos nosso celular ao sistema de informações de bordo nos carros, ele já nos avisa qual a distancia que estamos de nossa casa, nosso local de trabalho e dos locais em que somos mais frequentes. Sem contar todas informações que muitos de nós já incluímos nos aplicativos de transito e mapas.
Lembrando ainda que no mesmo celular está o navegador da internet que tem os nossos registros dos sites que mais acessamos; aliás, informações de todos os sites que acessamos desde que contratamos nosso acesso à internet. Inclusive os de navegação privada... não se iluda... E ali também estão todos nossos e-mails, contatos, nossas fotos, as mensagens instantâneas... Nossas contas de mídias sociais...
Sim, o “admirável mundo novo” já chegou, e está batendo em nossas portas... Sempre procurando solucionar nossos problemas de segurança, e também nos oferecendo as melhores soluções de comodidade e lazer.
Embora esteja sendo irônico ao relatar tudo isso que é verdade, quero deixar claro que este novo documento não é, nem tem nada a ver com a marca da besta. AINDA!
Mas sei que infelizmente, muitos crentes vão falar isso de maneira equivocada, passando ridículo.
Reitero com clareza que NÃO É!
Mas é claro que toda essa maravilha tecnológica é parte da "plataforma do sistema" que virá, e que já chegou. E que vai usar tudo isso para associar toda esta plataforma com outras facilidades e associações de informação a uma marca única na mão direita e na testa, e, claro, principalmente, a uma prestação de culto a um governante mundial. Sem opção de recusa, o que ainda não aconteceu.
Mas sim, o "sistema" já chegou. Não seja ingênuo. E avança dia a dia...
Mas esta marca será implantada apenas em um futuro (pouco?) adiante de nós, embora seja claro que todas estas coisas que estão indo para os nossos celulares, estão, na verdade, indo para um... CHIP! 
Aquele está “embarcado” em nossos aparelhos celulares... você não consegue ver?
Portanto tudo o que está em curso, está estabelecendo o que virá em breve, e por coincidência, no futuro, toda esta estrutura será útil para o sistema que virá.
Observe que assim como já aconteceu no Brasil, a maioria dos países do mundo já fizeram seu cadastramento biométrico! Até a Índia!Sim, nos últimos anos praticamente todos fizeram. Se você entende o que estou falando, tenho certeza que fará sua pesquisa.
Observe ainda a proliferação de aplicativos para as mais diversas atividades e perfis de cada um, que para usar estas maravilhas facilitadoras da vida moderna, disponibilizam acesso a todas informações de suas vidas para alguém. Assim, quem não tiver suas informações capturadas por um lado, terá por outro, cada um conforme seu perfil... a tal ponto que de muitos, será possível alguém saber até mesmo dos problemas de saúde que enfrenta, dos medicamentos que toma, e terá informações de sua vida diária de uma maneira impensável há dez anos... 
Hoje sabemos que a informação total sobre tudo de todos já está disponível...
Sem contar que, provavelmente, todas estas informações estarão (... já estariam?) em bases de dados para serem gerenciadas por máquinas de Inteligência Artificial, que tomarão decisões (autônomas?) com base nestas informações...
Bem, eu fico impressionado como existem pessoas que dizem crer na Bíblia e que mesmo diante de todas estas informações diante de seus narizes, não querem ver tudo o que está acontecendo ao redor.
Nada de pânico... ainda não é a hora, a maioria das interações tecnológicas não são obrigatórias ainda, mas... que podemos começar a ver muita coisa em nosso horizonte profético... ah, isso é verdade!
Enfim, recomendo... veja os sinais!
Mas com sabedoria e bom senso, por favor!
Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

HÁ UM LIVRO COM NOMES PARA O ARREBATAMENTO?


“Tendo, pois, irmãos, ousadia para entrarmos no santíssimo lugar, pelo sangue de Jesus, pelo caminho que ele nos inaugurou, caminho novo e vivo, através do véu, isto é, da sua carne, e tendo um grande sacerdote sobre a casa de Deus, cheguemo-nos com verdadeiro coração, em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência, e o corpo lavado com água limpa, retenhamos inabalável a confissão da nossa esperança, porque fiel é aquele que fez a promessa; e consideremo-nos uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras, não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia. Porque se voluntariamente continuarmos no pecado, depois de termos recebido o pleno conhecimento da verdade, já não resta mais sacrifício pelos pecados, mas uma expectação terrível de juízo, e um ardor de fogo que há de devorar os adversários. Havendo alguém rejeitado a lei de Moisés, morre sem misericórdia, pela palavra de duas ou três testemunhas; de quanto maior castigo cuidais vós será julgado merecedor aquele que pisar o Filho de Deus, e tiver por profano o sangue do pacto, com que foi santificado, e ultrajar ao Espírito da graça? Pois conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu retribuirei. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo. Horrenda coisa é cair nas mãos do Deus vivo”.

Hebreus 10:19-31

Imagino que muitos estudiosos vão torcer o nariz para este post, se é que algum deles passa por aqui... Talvez seja um pouco de pretensão da minha parte... Mas se algum deles passar aqui, e discordar, entendo e respeito. Também discordaria de mim mesmo alguns anos atrás...
Peço, entretanto, que todos vocês que passam aqui, estudiosos ou não, me concedam o direito da dúvida e que, por favor, considerem os textos bíblicos que vou referenciar, e, claro, meus argumentos. E, principalmente, você que encontrou o meu Blog, e que talvez nem tenha muita opinião bíblica formada acerca do fim, do arrebatamento, da Ira de Deus, e tudo o mais que está aí, pouco tempo adiante de nós... Por favor, leia meus argumentos até o fim, e depois disso, ficam livres...
Podemos ter um acordo? Você pode, por favor, ler até o fim? Posso ouvir um amém?
Afinal, este texto é um dos mais importantes que já publiquei aqui, e, creio, se o Espírito Santo de Deus assim quiser, poderá trazer para você a oportunidade de não ficar aqui após o arrebatamento... O que será uma grande bênção... eterna... Ou, ficar, o que seria terrível em todos os sentidos.
Bem, deixe-me apresentar meu raciocínio, ou melhor, claro, os textos bíblicos que o fundamentam. Afinal, se for apenas o que eu acho, a minha opinião, jogue no lixo... Mas quero mostrar textos e defender uma posição controversa... Claro, nada de novo! Reconheço que tenho tratado de temas polêmicos aqui... Mas vamos em frente!
Na Bíblia encontramos a verdade que a salvação vem por meio da graça, pela fé, e isso não vem de nós, é dom de Deus, não de obras para que ninguém se glorie. Estou citando Efésios 2:8 e 9.
Entretanto, não vemos a mesma promessa quanto ao fato de cristãos serem livrados de tribulações na vida. Muito pelo contrário.
Exatamente neste momento em que você está lendo este post, tranquilamente, no seu escritório, sua casa, no celular, computador ou tablet, irmãos nossos estão sendo agredidos, presos e mortos... 
Pelo “simples fato de serem cristãos e não negarem sua fé”... Por não crerem nas “religiões de Estado” dos países em que nasceram... Estão passando por terríveis tribulações, e Deus não os está retirando destes lugares terríveis. Não há arrebatamento para que sejam livrados destas tribulações. E isso está acontecendo pelo fato que isso é bíblico.
Muitos têm sido livrados e experimentados milagres... Outros tantos, não.
Deus disse que perseguições vão acontecer, tribulações virão, e não há um único texto bíblico que diga que TODOS cristãos serão livrados de todas as tribulações desta vida...
E, creia, muito menos da terrível “Grande Tribulação", que é uma parte do tempo do juízo que irá acontecer em um futuro próximo, que será, possivelmente, um período de três anos e meio, dentro do último tempo de sete anos. Isso se estivermos entendendo corretamente as profecias, porque há controvérsias e ainda não é o tempo...
Mas há sim uma promessa que precisamos entender, que nos foi dada através de Paulo, inspirado pelo Espírito Santo, ao falar sobre os últimos dias. Está registrada em I Tessalonicenses 5:1-10:

“Mas, irmãos, acerca dos tempos e das épocas não necessitais de que se vos escreva: porque vós mesmos sabeis perfeitamente que o dia do Senhor virá como vem o ladrão de noite; pois quando estiverem dizendo: Paz e segurança! então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão. Mas vós, irmãos, não estais em trevas, para que aquele dia, como ladrão, vos surpreenda; porque todos vós sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite nem das trevas; não durmamos, pois, como os demais, antes vigiemos e sejamos sóbrios. Porque os que dormem, dormem de noite, e os que se embriagam, embriagam-se de noite; mas nós, porque somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação; porque Deus não nos destinou para a ira, mas para alcançarmos a salvação por nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele”.

Sim, “Deus não nos destinou para a ira”...
Glória a Deus! Glória a Jesus! Glória ao Espírito Santo de Deus... 
Mas isso não significa que nós estejamos livres de tribulações... Nem dA Grande Tribulação...
Se você ler os textos sobre os últimos dias, com isenção de mente, perceberá que a Grande Tribulação dá início ao período do Juízo de Deus, que tem um aprofundamento quando Ele derrama sobre a humanidade Sua Ira.No início, “princípio das dores”... Tribulação. Depois, Ira... 
E sim, nós não fomos destinados para a Ira... Em hipótese alguma... Glória a Deus!
Mas eventualmente, alguns dos que estão lendo este texto, que frequentam igrejas evangélicas e que se supõe salvos, passarão pela Tribulação... Ou não?
Vamos para a Bíblia no texto de Malaquias 3:12 a 4:6, que trata do contexto dos últimos dias...

“E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o Senhor dos exércitos. As vossas palavras foram agressivas para mim, diz o Senhor. Mas vós dizeis: Que temos falado contra ti? Vós tendes dito: lnútil é servir a Deus. Que nos aproveita termos cuidado em guardar os seus preceitos, e em andar de luto diante do Senhor dos exércitos? Ora pois, nós reputamos por bem-aventurados os soberbos; também os que cometem impiedade prosperam; sim, eles tentam a Deus, e escapam. Então aqueles que temiam ao Senhor falaram uns aos outros; e o Senhor atentou e ouviu, e um memorial foi escrito diante dele, para os que temiam ao Senhor, e para os que se lembravam do seu nome. E eles serão meus, diz o Senhor dos exércitos, minha possessão particular naquele dia que prepararei; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve. Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve. Pois eis que aquele dia vem ardendo como fornalha; todos os soberbos, e todos os que cometem impiedade, serão como restolho; e o dia que está para vir os abrasará, diz o Senhor dos exércitos, de sorte que não lhes deixará nem raiz nem ramo. Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, trazendo curas nas suas asas; e vós saireis e saltareis como bezerros da estrebaria. E pisareis os ímpios, porque se farão cinza debaixo das plantas de vossos pés naquele dia que prepararei, diz o Senhor dos exércitos. Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, a qual lhe mandei em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e ordenanças. Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor; e ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição”.

Vamos considerar alguns pontos importantes aqui!  Neste texto, O Senhor estava prestando atenção nos que O temiam, para que Ele pudesse demonstrar a diferença que há entre o que serve a Deus, e o que não serve. E sim, óbvio, fazendo diferença no texto entre o ímpio e o justo, também.
Mas veja que o Senhor está falando com os do Seu povo, eles que estavam, inclusive, discutindo por que os ímpios prosperam. E diziam que não fazia diferença, não adiantava nada servir a Deus. e, pior, que os ímpios vivem melhor!
Já ouviu alguém falando uma frase tão lamentável quanto esta? Ou pior, esta frase já saiu dos seus lábios? Já brotou no seu coração?
Bem, veja que, sim, o Senhor presta atenção neste tipo de pensamentos...
E Ele mesmo diz que fará diferença, “naquele dia”, entre aquele que O serve, e o que não O serve...
Aliás, lemos neste texto que O Senhor mandou fazer um memorial para aqueles que falavam bem dEle, que encorajavam seus irmãos... parece até ser um Livro Memorial dos que serão livrados!
Este memorial, aparentemente, será usado naquele Dia para separar os que servem a Deus dos que não O servem... E aqueles que não O servem, aparentemente, ficarão com os demais, naqueles dias, para a Grande Tribulação (não para a Ira). Será?
Bem, eu sei que muitos dirão que este é um texto específico para Israel, e não para a Igreja.
Que a Igreja é a Noiva, "etcétera" e tal...
Eu confesso que cria assim, mas hoje já não tenho mais tanta certeza, e por este motivo venho aqui compartilhar esse pensamento que tenho investido tempo estudando...
Não estou dizendo que Deus me deu uma nova revelação, que sei todas as coisas dos últimos dias, e que se você não ouvir minha admoestação está perdido... Não! Nada disso...
Sim, concordo que a Noiva sai DA Igreja... 
Mas hoje, não, não creio mais que TODA a igreja seja A Noiva...
Veja que Deus fala muito nesse texto, sobre a diferença entre quem serve a Deus, e quem não serve.
E por que isso é importante? Por que foi esta mesma a questão que Jesus tratou em Mateus 24:45 a 51, no contexto do conhecidíssimo Sermão Profético!
Que fala justamente sobre os dias do fim...

“Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o senhor pôs sobre os seus serviçais, para a tempo dar-lhes o sustento? Bem-aventurado aquele servo a quem o seu senhor, quando vier, achar assim fazendo. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens. Mas se aquele outro, o mau servo, disser no seu coração: Meu senhor tarda em vir, e começar a espancar os seus conservos, e a comer e beber com os ébrios, virá o senhor daquele servo, num dia em que não o espera, e numa hora de que não sabe, e cortá-lo-á pelo meio, e lhe dará a sua parte com os hipócritas; ali haverá choro e ranger de dentes”.

Bom, ok...
Muitos creem que Jesus pregou este sermão para os judeus e para uma multidão, como no Sermão do Monte. Ou seja, se assim fosse, Jesus estaria falando para uma multidão de judeus. E já que o livro de Malaquias, também fala para Israel, e que o livro de Hebreus, teria sido escrito exclusivamente para Hebreus, (claro, Judeus), este conteúdo, portanto, não nos afetaria, a nós que somos cristãos gentios. Da Igreja. Que é igual à Noiva...
Será?
Bem, em primeiro lugar, quero advertir que o Sermão Profético foi pregado para “apenas quatro pessoas” e não para uma multidão. Talvez você já sabia... talvez não... 
Eu por exemplo, acredite, não sabia até alguns anos atrás.
Na verdade, foi pregado para APENAS quatro discípulos, e os mais chegados. Que sim, eram judeus, mas, se tudo o que foi dito para eles é para judeus, vamos perder praticamente tudo o que Jesus ensinou. Ou seja, como gentios convertidos, não teríamos direito a nada...
Apenas poderíamos receber o que Paulo ensinou, e o resto da Bíblia nos seria inútil...
Não faz sentido, não é? Ainda mais que eles eram DISCÍPULOS... Discípulos judeus, mas discípulos... Fundamentos da Igreja, edificada sobre Cristo A Pedra angular. 
Todos eles estavam em Pentecostes, no início da era da Graça! Assim pergunto: Judeus ou Igreja? Quem são eles afinal? Bem, deixe-me prosseguir no raciocínio...
Jesus pregou para Pedro, André, Tiago e João.
Compare o texto de Mateus 24:1-4...

“Ora, Jesus, tendo saído do templo, ia-se retirando, quando se aproximaram dele os seus discípulos, para lhe mostrarem os edifícios do templo. Mas ele lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada. E estando ele sentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a ele os seus discípulos em particular, dizendo: Declara-nos quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo. Respondeu-lhes Jesus: Acautelai-vos, que ninguém vos engane”.

... com Marcos 13:1-5, onde suas identidades são reveladas:

“Quando saía do templo, disse-lhe um dos seus discípulos: Mestre, olha que pedras e que edifícios! Ao que Jesus lhe disse: Vês estes grandes edifícios? Não se deixará aqui pedra sobre pedra que não seja derribada. Depois estando ele sentado no Monte das Oliveiras, defronte do templo, Pedro, Tiago, João e André perguntaram-lhe em particular: Dize-nos, quando sucederão essas coisas, e que sinal haverá quando todas elas estiverem para se cumprir? Então Jesus começou a dizer-lhes: Acautelai-vos; ninguém vos engane”.

Como você pode ver, é o mesmo texto, em um relato paralelo, como tantos que encontramos nos evangelhos chamados “sinóticos”. E, sim, Jesus pregou apenas para “Pedro, Tiago, João e André”... Bem, SE os quatro entenderam mesmo o sermão de Jesus, devem ter ficado impactados com o Seu ensino. Afinal, Jesus, respondendo suas perguntas, falou acerca dos últimos dias, do Juízo, e, sim, da Sua volta, que eles criam que seria ainda durante suas vidas...
E eles não imaginavam que demoraria centenas de anos, como sabemos agora...
Assim é importante avaliarmos se o que Jesus ensinou impactou os seus escritos. 
Quanto a André e Tiago, não saberemos com certeza, pois não há textos deles inseridos na nossa Bíblia de hoje... Mas os textos de Pedro e João, sim, e poderemos avaliar... 
Será que eles escreveram algo que combina com o que aprenderam diretamente da boca de Jesus?
Eu creio que sim. Ou melhor, tenho CERTEZA que sim...
Veja comigo, por exemplo, o que Pedro escreveu quando ele diz que o Juízo começa pela casa do Senhor! Que casa? Israel ou cristãos da Igreja? I Pedro 4:17-19:

“Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e se começa por nós, qual será o fim daqueles que desobedecem ao evangelho de Deus? E se o justo dificilmente se salva, onde comparecerá o ímpio pecador? Portanto os que sofrem segundo a vontade de Deus confiem as suas almas ao fiel Criador, praticando o bem”.

Se já começamos a perceber aqui algum sinal do que Pedro entendeu da conversa com Jesus, vejamos agora Pedro falando claramente de crentes carnais, em II Pedro 2:9-22:

“Também sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar para o dia do juízo os injustos, que já estão sendo castigados; especialmente aqueles que, seguindo a carne, andam em imundas concupiscências, e desprezam toda autoridade. Atrevidos, arrogantes, não receiam blasfemar das dignidades, enquanto que os anjos, embora maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor. Mas estes, como criaturas irracionais, por natureza feitas para serem presas e mortas, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção, recebendo a paga da sua injustiça; pois que tais homens têm prazer em deleites à luz do dia; nódoas são eles e máculas, deleitando-se em suas dissimulações, quando se banqueteiam convosco; tendo os olhos cheios de adultério e insaciáveis no pecar; engodando as almas inconstantes, tendo um coração exercitado na ganância, filhos de maldição; os quais, deixando o caminho direito, desviaram-se, tendo seguido o caminho de Balaão, filho de Beor, que amou o prêmio da injustiça, mas que foi repreendido pela sua própria transgressão: um mudo jumento, falando com voz humana, impediu a loucura do profeta. Estes são fontes sem água, névoas levadas por uma tempestade, para os quais está reservado o negrume das trevas. Porque, falando palavras arrogantes de vaidade, nas concupiscências da carne engodam com dissoluções aqueles que mal estão escapando aos que vivem no erro; prometendo-lhes liberdade, quando eles mesmos são escravos da corrupção; porque de quem um homem é vencido, do mesmo é feito escravo. Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam de novo envolvidos nelas e vencidos, tornou-se-lhes o último estado pior que o primeiro. Porque melhor lhes fora não terem conhecido o caminho da justiça, do que, conhecendo-o, desviarem-se do santo mandamento que lhes fora dado. Deste modo sobreveio-lhes o que diz este provérbio verdadeiro; Volta o cão ao seu vômito, e a porca lavada volta a revolver-se no lamaçal”.

Não consigo pensar que alguém que “escapa das corrupções do mundo pelo pleno conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo” possa ser alguém não salvo... 
Mas posso perceber que hoje, vejo dezenas... Centenas... Milhares de pessoas com este exato perfil frequentando as igrejas de Jesus... Sim, nos dias de hoje...
Pessoas que se envolveram de novo no pecado. Rebeldes que vivem uma “vida cristã” que entendo bastante comparável com essa que encontramos no ensino de Pedro...
Pessoas salvas QUE NÃO SERVEM A DEUS, e que muito pelo contrário, são pedras de tropeço para cristãos novos. São fontes SEM água... Sem frutos, sem testemunho, sem manifestação da vida de Deus. Crentes que reclamam do pastor, da vida, da santificação, de palavras de confronto, de desafios. Que reclamam do ensino do "fim do mundo", por que não querem que ele venha agora... 
Na verdade, não amam a vinda de Jesus...
Querem ou até mesmo exigem, ser prósperos, atendidos, supridos, satisfeitos, curados, “felizes” segundo o mundo, e quase nunca tem nada para dar para ninguém. Nem mesmo uma oração, ou uma palavra, um testemunho, uma ajuda, uma carona, um dinheiro, ou um mísero abraço! Vivem uma vida cristã inútil, infrutífera, insipiente, estéril, vã...
Agora, avalie comigo... Por que tais cristãos deveriam ser livrados da Grande Tribulação, quando comparados com a Noiva de Jesus? São pessoas da mesma espécie espiritual?
Vamos prosseguir no raciocínio bíblico um pouco mais, ao observarmos João falando acerca dos últimos dias... Será que ele fala algo parecido com Pedro acerca do que ouviu de Jesus?
Novamente, a resposta é SIM! Leia I João 2:25-29:

“Portanto, o que desde o princípio ouvistes, permaneça em vós. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também vós permanecereis no Filho e no Pai. E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna. Estas coisas vos escrevo a respeito daqueles que vos querem enganar. E quanto a vós, a unção que dele recebestes fica em vós, e não tendes necessidade de que alguém vos ensine; mas, como a sua unção vos ensina a respeito de todas as coisas, e é verdadeira, e não é mentira, como vos ensinou ela, assim nele permanecei. E agora, filhinhos, permanecei nele; para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança, e não fiquemos confundidos diante dele na sua vinda. Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele”.

Porque você pensa que eles ficariam confundidos diante dEle (Jesus) na Sua vinda? Para mim, é exatamente por que não foram arrebatados... e não entenderam nada! Leia I João 4:13-21

“Nisto conhecemos que permanecemos nele, e ele em nós: por ele nos ter dado do seu Espírito. E nós temos visto, e testificamos que o Pai enviou seu Filho como Salvador do mundo. Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus. E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem permanece em amor, permanece em Deus, e Deus nele. Nisto é aperfeiçoado em nós o amor, para que no dia do Juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos também nós neste mundo. No amor não há medo antes o perfeito amor lança fora o medo; porque o medo envolve castigo; e quem tem medo não está aperfeiçoado no amor. Nós amamos, porque ele nos amou primeiro. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, não pode amar a Deus, a quem não viu. E dele temos este mandamento, que quem ama a Deus ame também a seu irmão”.

Por que é necessário ter confiança no dia do juízo? Creio que é para ver tudo acontecer, e ser levado! Será? Veja o que Jesus disse a João sobre o que busca encontrar em Suas sete igrejas, conforme relato em Apocalipse 2 e 3:

2:2 Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua perseverança;
2:19  Conheço as tuas obras, e o teu amor, e a tua fé, e o teu serviço, e a tua perseverança, e sei que as tuas últimas obras são mais numerosas que as primeiras.
3:1 Conheço as tuas obras; tens nome de que vives, e estás morto.
3:8 Conheço as tuas obras (eis que tenho posto diante de ti uma porta aberta, que ninguém pode fechar), que tens pouca força, entretanto guardaste a minha palavra e não negaste o meu nome.
3:15 Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; oxalá foras frio ou quente! 16 Assim, porque és morno, e não és quente nem frio, vomitar-te-ei da minha boca.

Sim, Jesus busca obras nos que são de Sua igreja! E assim ficará mais fácil entender esta palavra tão dura que deu acerca dos que são mornos... Ele está a ponto de vomitar da boca!
Por que? Por que veja que Jesus vem nas igrejas de Sua Igreja para ver OBRAS! 
Não está discutindo salvação, mas, sim, o que fazemos a partir dela... Não sei o que você pensa a respeito destes textos, mas...
Se João e Pedro escreveram apenas para judeus, perdemos mais cartas da Bíblia.
Mas se eles escreveram para os cristãos daquele e deste tempo em que vivemos, sejam eles de qual nacionalidade forem... bem, a coisa é séria, não acha?
Sim, eu creio, como você já percebeu, que eles escreveram para nós...
Veja também o ensino de Paulo, que foi arrebatado ao terceiro céu, que viu a Jesus, que foi usado pelo Espírito Santo em profundas revelações. Está em Gálatas 3:24 a 29, e fala sobre nossa nova posição em Cristo:

“De modo que a lei se tornou nosso aio, para nos conduzir a Cristo, a fim de que pela fé fôssemos justificados. Mas, depois que veio a fé, já não estamos debaixo de aio. Pois todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. Porque todos quantos fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo. Não há judeu nem grego; não há escravo nem livre; não há homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa”.

Sim, judeus e gentios... somos todos um, SE o somos em Jesus. Assim, o ensino é para todos nós...
SE vigiarmos, SE servirmos, seremos livrados... 
SE outros não estão “nem aí”... SE não servem, SE não fazem a menor diferença, “talvez” tenham dias difíceis pela frente... Dias junto com os hipócritas, ou ímpios. Dias de Grande Tribulação, como um juízo de Deus sobre a Sua Casa, depois de ter retirado a Sua Noiva...
Que não por coincidência estará adornada com “obras de justiça”! Apocalipse 19:7 e 8:

“Regozijemo-nos, e exultemos, e demos-lhe a glória; porque são chegadas as bodas do Cordeiro, e já a sua noiva se preparou, e foi-lhe permitido vestir-se de linho fino, resplandecente e puro; pois o linho fino são as obras justas dos santos”.

E os santos que não tem obras justas por que são ocupados, não tem tempo, estão cansados, tem trabalho, tem família, tem filhos, tem dívidas, tem problemas, tem dificuldades...
O que farão?
Serão uma noiva desarrumada sem a roupa nupcial?
Serão justificados por todas estas explicações acima?
Acho meio difícil à luz do texto, não acha?
Meus caros irmãos e amigos aqui do Blog, eu sempre cri no arrebatamento universal de todos os salvos... Entretanto, ao reler estes textos e avaliar minha vida, percebi que se não tenho obras de justiça, corro o risco de “não ser achado digno de escapar de todas estas coisas”, terrível palavra de Jesus em Lucas 21:36.
Você pode achar que estou errado em minha forma de tratar estes textos, que TODOS serão arrebatados e que pode viver como bem entende que tudo estará bem...
Convido você a avaliar e comparar estas duas correntes: Os que creem que tudo está bem, que todos serão arrebatados em oposição aos que, como eu, creem que precisam de obras de justiça, de perseverança e trabalho para serem arrebatados.
SE o primeiro grupo estiver errado, e obras forem fundamentais, todos os que acham que serão arrebatados APENAS por serem crentes, serão deixados para trás...
Que tragédia será, pois haverá uma surpresa terrível... Que horror...
SE o meu grupo estiver errado, todos os que achavam que deveriam ter obras de justiça, perseverança e trabalho para serem arrebatados, forem levados junto com crentes que mal frequentavam igrejas, serão livrados! Junto com os demais... MAS terão galardões, e júbilo, e receberão mais do que todos os outros. Serão considerados por Jesus, servos bons e fiéis... (Mateus 25 - Parábola dos Talentos). Que fazem parte, sim, de um memorial com os seus nomes... Os nomes daqueles que serão livrados de todas estas coisas... Qual o risco que corremos se lutarmos, nos esforçarmos, trabalharmos, servirmos como se fosse a última coisa a fazer nesta terra?
Nenhum!
Estas obras tornam-se, na verdade, uma expressão de gratidão por essa tão grande salvação e uma atitude de obediência à Palavra que nos exorta a sermos úteis, submissos, e a não abandonarmos a congregação nos últimos dias como tantos tem feito neste tempo...
E quanto aos que vivem de qualquer jeito, e acham que está tudo bem...
Que “não é bem assim”... Que o pecado não é exatamente como muitos pregam...
Que não precisam nem mesmo ir na igreja... Que isso é "religiosidade"...
Serão MESMO Noiva?
Serão MESMO salvos?
Serão MESMO gratos porque entenderam MESMO do que foram salvos?
Serão genuinamente nascidos de novo?
Na verdade, correm o terrível risco de ficar aqui durante a Tribulação...
Isso se forem APENAS "salvos indignos"...
Por outro lado, correm o risco de morrer e ficar para sempre separados de Deus.
Se nem salvos forem...
Bem, não estou aqui para julgar ninguém... Mas para encorajar e confrontar os que buscam assuntos como este do meu Blog... Sei que estou lutando para agradar a Deus...
E que luta é essa! Constante... Dia após dia...
Arrependendo, lavando as vestes, trabalhando, buscando ser útil...
Procurando obedecer Seus mandamentos “que não são penosos...”
Embora não seja fácil esta luta contra a própria carne, contra o pecado e contra os demônios, eu encorajo você a, sinceramente, fazer o mesmo.
Pare um pouco agora e olhe para dentro de você mesmo...
Por favor, examine sua vida.
Você acha que Deus o considera um cristão digno, ou está a ponto de vomitar você da Sua boca?
Que Deus o abençoe e livre.
Que Deus me abençoe e livre.
Que possa eu ser achado digno...
Que possa você ser achado digno...
Que, em Nome de Jesus, possamos estar naquele Livro, naquele Memorial...

“Naquele tempo se levantará Miguel, o grande príncipe, que se levanta a favor dos filhos do teu povo; e haverá um tempo de tribulação, qual nunca houve, desde que existiu nação até aquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro”.

Daniel 12:1

“Então aqueles que temiam ao Senhor falaram uns aos outros; e o Senhor atentou e ouviu, e um memorial foi escrito diante dele, para os que temiam ao Senhor, e para os que se lembravam do seu nome. E eles serão meus, diz o Senhor dos exércitos, minha possessão particular naquele dia que prepararei; poupá-los-ei, como um homem poupa a seu filho, que o serve. Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve”.

Malaquias 3:16-18

“Vigiai, pois, e orai, para que sejais achados dignos de escapar de todas estas coisas que hão de acontecer, e estar em pé na presença do Filho do homem”.

Lucas 21:36

Jesus virá em breve...
Maranata!
Veja os sinais...


Haroldo Maranhão