terça-feira, 30 de agosto de 2011

OS EDIFICADORES E A PEDRA DE ESQUINA - UMA PARÁBOLA


Existem ao longo da história pessoas que trabalham como edificadores.
E os edificadores mais bem sucedidos sempre trabalham de uma forma bastante organizada.
Cada nível hierárquico da estrutura trabalha de forma autônoma, mas sempre subordinada.
Cumpre todos os desígnios estabelecidos pelos superiores, mas. normalmente, desconhece o todo da obra.
Para isso, conhecer o todo, é necessário subir na estrutura.
Enquanto isso, cada um trabalha em seu nível.
Sabe exclusivamente tudo o que faz parte de sua atribuição atual, e transfere parte do que sabe aos seus subordinados.
A parte que lhe convém passar, e a que convém, aos subordinados, saber.
Assim é aferida a sua competência na estrutura.
Em sua capacidade de preservar segredos e em obter os resultados esperados, conforme sua responsabilidade.
Os subordinados de todos os níveis saberão quase tudo do todo, parte do todo ou quase nada do todo que está sob sua responsabilidade.
Conforme seu nível de conhecimento.
Os que forem mais capazes, que tiverem potencial para serem recrutados e promovidos, saberão mais dos segredos de níveis superiores.
E assim, todos trabalham juntos para esta construção.
Seja ela de governo ou de mercado.
Seja este mercado de extração de bens primários, serviços, entretenimento, tecnologia, religião...
Qualquer que seja o segmento, esta mesma estratificação se reproduz.
E todas se sobrepõem, pois, embora nem todos saibam, edificam a mesma obra.
Cada um no seu quadrado...
Como um tabuleiro.
Todos edificando o que se convencionou chamar de pirâmide!
Interessante figura geométrica...
Perceba que todos os indicadores, de tudo o que diz respeito à nossa sociedade, é sempre apresentado em gráficos que, predominantemente apresentam uma pirâmide.
Pirâmide econômica, social, de mercado, de governo, populacional...
Coincidência?
E nunca é possível o acesso ao real topo desta pirâmide.
Os que habitam ou trafegam ali são quase sempre pessoas sem rosto.
Ou rostos conhecidos, embora quando conhecidos, dissociados de sua posição real.
Em alguns casos, podemos até conhecer o presidente da companhia, mas não conhecemos os controladores.
Em outros, podemos conhecer os controladores, mas não os investidores.
O Conselho.
O que quer que seja.
Na perspectiva da maioria, sempre fica faltando alguém.
O topo da pirâmide em muitos casos parece até mesmo um lugar vago.
Muitos até mesmo tem uma denominação interessante: "Entidade" controladora!
Parece também, em muitos casos, um lugar que está sendo preparado para aguardar alguém que se assentará no topo dela.
Prosseguindo, os dominadores passam apenas parte do que sabem aos subdominadores por um motivo.
Por que, como sabemos, informação é controle.
Conhecimento é controle!
Interessante constatar que ao perceberem a obra que está em curso, muitos líderes ou pessoas influentes de outros segmentos, até então alheios a esta construção, passam a desejar fazer parte desta obra.
Alguns, por sua competência fora do edifício acabam mesmo por serem recrutados antes de conhecê-la.
Outros, por esbarrarem em paredes ou sombras do edifício, buscam uma oportunidade para participar.
Talvez, por este motivo, até mesmo líderes evangélicos, que não sabem realmente quem são.
Que neste caso, com certeza, não têm nem mesmo certeza de quem Deus é.
Que talvez, nem mesmo creiam em Deus...
E nem mesmo conheçam a Jesus.
Ou conheçam... mas não querem.
Estes portanto, infelizmente, sabem quem são realmente.
Deliberadamente.
E muitos destes também passam a desejar fazer parte da construção deste edifício.
O edifício errado...
Trazendo consigo os seus trabalhadores...
Enganados ou não, da mesma forma.
Pensando nesta construção, podemos analisar melhor o que acontece à nossa volta.
Vemos, por exemplo,que o mercado tem comprado ao longo do tempo, cada vez mais, os denominados "mercados futuros".
O futuro sendo vendido a valor presente.
Importa cada vez mais realizar os lucros hoje.
Provavelmente para pagar o que precisa ser pago, hoje.
Por que amanhã pode não interessar mais...
O que precisaria ser pago hoje,com tanta urgência?
Não sou economista nem abalizado para comentar sobre isso.
Apenas um observador isento.
E percebo que, por exemplo, as Copas do Mundo de 2018 e 2022 já foram vendidas!
Um exemplo simples... quase tolo.
Campeonatos futuros.
Olimpíadas futuras...
Direitos de televisão.
Contratos comerciais.
Agendas futuras.
Ouro futuro.
Dólar futuro.
Índices futuros...
Penso no auge da minha falta de conhecimento sobre o tema...
Qual a necessidade REAL de se fazer isso?
Por que precisamos nos acostumar com venda do futuro?
Por que precisamos comprar e vender eventos e contratos com tantos anos de antecedência?
Se há um longo futuro adiante de nós, para se edificar a pirâmide da humanidade, qual a urgência?
Qual a emergência?
A não ser que os controladores precisem acelerar os processos por que existe uma data limite para a entrega desta obra que apenas eles conhecem...
Parcialmente...
E esta data faz com que os controladores tomem medidas aparentemente incompreensíveis...
Pelo menos aos meus olhos simplistas e leigos...
Se o mercado continuar a se globalizar e verticalizar nos níveis e velocidade que estamos vendo, em algum lugar no futuro, em breve, teremos pouquíssimas pessoas, proporcionalmente, trabalhando em pouquíssimas mega corporações.
Tantas fusões e aquisições.
Incorporações.
Isso vai gerar, aparentemente, gigantescas massas de desempregados globais.
Como já começamos a ver.
Desempregados que não terão renda para comprar os produtos e serviços produzidos por estas gigantescas corporações.
Qual é a lógica?
Massas gigantescas de pessoas que vão se tornar dependentes, talvez, dos programas sociais dos governos.
Ou dependentes, talvez, dos programas sociais Do governo.
Ou talvez, pior, nem mais estejam necessitando destes programas sociais...
Principalmente se a data limite, conhecida pelos controladores, incluir informações sobre alguma suposta destruição em larga escala.
A chegada de um corpo celeste, em determinada data.
Transformações geológicas. Atmosféricas. Climáticas. Vulcânicas.
Celestiais. Cósmicas.
Espirituais.
Que venha, justamente, a produzir redução populacional em larga escala.
Para um número de pessoas próximo do descrito nas Pedras da Georgia.
Neste caso, é absolutamente necessário vender o futuro para comprar o presente, mesmo que com algum deságio.
E será um ótimo negócio ter vendido este futuro atual, pois, talvez, para muitos, não haverá futuro.
Portanto, para outros será ótimo ter vendido, e ter recebido a valor presente.
Mesmo que com  deságio...
E será importantíssimo, enquanto isso, manter todos trabalhando para produzir as riquezas, para desenvolver e adquirir as novas tecnologias que permitirão fazer que o futuro continue para muitos, não para todos.
Nanotecnologia. Telecomunicações wireless. Reposição de membros de corpos humanos. Implantes. Alimentos geneticamente modificados. Medicamentos de última geração. Seres humanos geneticamente modificados. "Aperfeiçoados" para viverem uma vida eterna artificial...
Tecnologia para controle.
Para cumprir esta agenda, importa que as lógicas que governam o mercado de forma geral e pública, incluindo sua legislação, tenha informações ocultas escondidas em seus processos.
Conhecidas por bem poucos.
E importa que todos os que trabalham, estejam trabalhando felizes.
Mas bastante ocupados.
Sobrecarregados.
Vida de gado.
E os desempregados, sob controle.
Seja por programas sociais.
Seja pela opressão.
Seja pela distração.
Todos os que não fazem parte, devem estar sob controle.
Pelo entretenimento.
Pela alienação.
Pela cultura.
Por Hollywood.
Pela TV.
Pela TV a cabo.
Pelos videogames.
Pelas artes.
Pelo futebol.
Pelo álcool.
Pelas drogas.
Pelo cocaína.
Pelo crack.
Pela prostituição.
Pela religião.
Pela política.
Qualquer que seja a forma que os escravize e vicie.
Que os impeça de pensar.
Que ocupe todo o seu tempo.
Que ocupe todo o seu pensamento.
Que os impeça de olhar a sua volta.
Que os impeça de entender realmente o que está a sua volta.
Até que seja tarde.
Até que a pirâmide esteja pronta.
Ou melhor, na verdade, quando pronta, incompleta.
Até que chegue o dia.
O dia da revelação do conhecimento que os níveis superiores esconderam por centenas de anos.
O dia da revelação do conhecimento parcial que os níveis imediatamente abaixo conheciam há décadas.
O dia da revelação do conhecimento que os níveis mais inferiores nunca ouviram falar.
E quando ficarem sabendo, será tarde.
Será também o dia da revelação do topo da pirâmide.
Do olho que desejaria tudo ver, mas que não vê.
Pois, em pouco tempo, será sucedido pelo Dia da Revelação dAquele que TUDO vê.
Que TUDO sabe.
Que TUDO pode.
E estes dias estão chegando...
O dia da separação entre a salvação falsa e A Verdadeira e Única!
O dia em que os Verdadeiros Trabalhadores, devidamente contratados, receberão seu pagamento!
O dia em que os Trabalhadores da Última Hora, entre os quais anseio muito ser incluído, receberão seu pagamento.
Das mãos Do Verdadeiro Contratador.
Do Verdadeiro Dono da Vinha.
Do VERDADEIRO CRIADOR DO UNIVERSO!
O ÚNICO DEUS, SALVADOR.
ATRAVÉS DA VIDA DE JESUS, O CRISTO, O SENHOR.
EDIFICADOR ATRAVÉS DA PEDRA QUE ESTES CONSTRUTORES REJEITARAM, MAS A QUAL ELE FEZ SENHOR E CRISTO!
A Pedra de Esquina.
A Rocha que, sem auxílio de mãos humanas, destrói os falsos reinos, e estabelece o SEU VERDADEIRO E ETERNO REINO.
Que nunca mais terá fim...
Bem, este dia se aproxima.
E é muito importante você entender claramente para quem trabalha.
Ninguém pode servir a dois senhores.
O joio é muito parecido com o trigo.
O falso sistema tem muita inteligência no sistema de sua edificação.
Uma pirâmide bastante inteligente está sendo edificada.
Veja que até mesmo as comunicações institucionais estão publicando informações se declarando “compliance”, como no "bug do milênio".
Perceba quantas logomarcas com mensagens subliminares estão aparecendo nas comunicações institucionais...
Como que anunciando que estão prontas.
Controladas.
Edificadas...
Diante de nossos olhos...
Você não consegue ver?
Abra bem os seus olhos!

Leia a Bíblia! (Como nunca leu!)

Veja os Sinais... (Eles estão cada vez mais expostos...)

SHALOM! (Cada vez mais, precisamos...)

Haroldo Maranhão

sábado, 27 de agosto de 2011

JUNTANDO OS PONTOS, ANALISANDO DATAS, REVENDO TEXTOS

Bem amigos deste blog.
Talvez você já saiba, mas para quem não sabe, faço parte de uma família de estudiosos da Palavra de Deus.
Meu bisavô foi pastor evangélico. Temos pastores, mestres, professores, estudiosos.
Cresci vendo meu pai na sala da casa em que morávamos estudando a Bíblia em horários alternativos a seus compromissos de trabalho.
Um advogado que tinha um tremendo discernimento bíblico acerca do Juízo Final.
Em sua dimensão espiritual e também em seu aspecto legal.
Hoje parei para pensar sobre tudo o que estou acompanhando, e cheguei a uma conclusão bastante clara:
Estudar escatologia era algo muito simples anos atrás.
Tínhamos tudo muito nítido em nossos raciocínios.
Primeiro vai acontecer isso, que desencadeia aquilo.
Estes aspectos não podem acontecer antes destes outros... e pronto.
Mas o tempo foi passando.
Já se vão dois anos desde quando fui convidado a ensinar Apocalipse na Igreja de que faço parte.
Os áudios ainda estão aí ao lado.
Apocalipse em 5 arquivos.
Ensinados em 5 domingos.
Por favor, me dê o devido desconto, já que o que preguei ali foi com base no mundo dois anos atrás.
Quando preparava aquele material percebi que muito do que estudávamos antes não cabia mais.
Não que a Palavra de Deus tivesse mudado.
Claro que não.
Mas a forma como líamos e entendíamos antes continha alguns "gaps"...
Aquele estudo gerou uma sede minha de estudar.
Gerou novos estudos.
Gerou conversas.
Gerou este BLOG!
Que é uma grande bênção para mim mesmo, pelo fato de que eu sou obrigado a pensar, estudar, ler, acompanhar, organizar meus pensamentos, filtrar o que publico, o que não publico, andar no fio da navalha entre teorias da conspiração, verdades ocultas, mentiras travestidas de verdade, verdades apresentadas como mentiras...
Glória a Deus por que posso depender sempre, inteiramente e completamente de Sua Palavra e do Espírito Santo!
Aproveitando, se puder, por favor, ore por mim neste sentido.
Tenho temor ao escrever.
Não quero, não posso e não devo ser um profeta do apocalipse que não virá no momento em que creio, e levar pessoas a se escandalizar e afastar do evangelho, como aquele povo do fim do mundo em 21 de maio.
Mas também não posso cometer omissão de socorro, e ser um atalaia que não avisa o que está vendo.
Este é o desafio que senti em meu coração ao escrever aqui.
Andar no meio destes dois extremos.
Que Deus me ajude!
Assim, retornando ao fio de raciocínio em que caminhava, sinto que hoje, ao olhar em volta e perceber no que o nosso mundo está se tornando, confesso que tenho a nítida sensação de que eu penso que não deveria mais estar aqui.
Há muito do anticristo estabelecido claramente entre nós, embora ele ainda não tenha um rosto claro.
As tragédias deste ano de 2011 já são apocalípticas demais.
Ameaças sidererais próximas e sinais no céu deveriam acontecer apenas na segunda metade da 70ª Semana de Daniel...
A apostasia está mais intensa do que pensei que fosse ver. O evangelho se tornou financeiro. A cruz de Jesus, que é a essência do evangelho, está cada vez mais longe dos corações de muitos que se denominam “cristãos”...
Amigos me perguntam o que acho disso, o que penso daquilo...
Acompanho o que meu pastor prega e o que discute em seus grupos de estudos. Conversamos muito, trocamos impressões, textos, vídeos.
Tenho amigos próximos que respeito demais e, sempre que posso, ouço o que estão pensando.
Leio também o que pensa muita gente ao redor do mundo. A internet tem este lado abençoador.
Agilidade.
Acesso.
Conexão.
Leio pessoas que crêem como eu creio, e também pessoas que crêem de uma maneira diferente da que eu creio.
Isso é necessário, pois preciso conhecer seus argumentos.
Preciso entender seus pontos de vista, e os textos em que fundamentam suas posições.
Apenas fazendo assim posso criticar a minha própria posição.
A grande questão, claro, é: AFINAL, EM QUE PONTO ESTAMOS DO CENÁRIO PROFÉTICO?
O que vai acontecer com a Igreja de Jesus?
Melhor... o que vai acontecer com a Noiva de Jesus?
Bem meu amigo...
Como você pode ver no meu post sobre tudo o que pode acontecer neste mês de Setembro, o ano de 2017/2018, para mim, é muito importante como um marco profético.
Por que?
Justamente pelo fato de ser um ano que se relaciona com datas importantes para Israel, considerando fatos que JÁ ACONTECERAM.
Coincidentemente, 1897, 1917, 1947, 1967, apontam para 2017.
Se formos preciosistas podemos pensar que Jesus deveria reinar a partir desta data, pelo fato de que será um ano de Jubileu, se considerarmos 1917 e 1967 desta forma.
Como Jubileus.
Pense ainda, olhando para o mundo a seu redor, se você crê, sinceramente, que temos mais 50 anos de existência enquanto humanidade da forma como vivemos...
Por que 50 anos?
Por que Israel é o relógio profético de Deus, e Jubileus fazem parte do Seu sistema...
Vamos projetar o futuro?
A água tem data para acabar. As geleiras derretendo. O alimento para a população mundial, que passou de 7 bilhões e continua crescendo. Os sinais no céu. O cometa Apofis, supostamente, deve bater na terra em 2029 ou 2036, uma data que em nada faria sentido com uma hipotética data bíblica de um próximo Jubileu em 2067...
Ou seja, uma série de fatos absolutamente desconexos para uma nova data de Jubileu em 2067.
Entende o cenário?
Entende meu raciocínio?
Mesmo que estejamos em um calendário gregoriano errado em relação a um calendário hebraico errado...
Mesmo que 2017 ou 5777 não sejam os anos que pensamos que serão.
Podem ser 2 mil e qualquer coisa ou 5 mil e qualquer outra coisa... pouco importa.
O que realmente importa é o fato de que temos fatos importantes acontecendo com saltos de 50 anos que apontam para Israel.
Ponto!
Israel voltou a ser uma  nação PONTO DE EXCLAMAÇÃO!
A Geração que viu isto, não pode passar... lembra?
Palavras de Jesus!
Assim, assumindo que este raciocínio esteja correto...
Teríamos que ter assistido ao arrebatamento da Noiva no ano passado, aparentemente.
Sete anos antes, pela forma de estudo clássica...
Pré tribulacionista...
Se considerarmos que “aqueles dias serão abreviados”, temos que considerar que estamos às portas do arrebatamento da Noiva.
Se analisarmos os sinais a nossa volta, veremos que podemos constatar, de forma clara, os seguintes sinais:
Israel começa a ficar absolutamente cercado.
O Egito mudou, a Líbia, os Estados Unidos também.
Aliás, todo o Oriente Médio tem passado por uma profunda mudança política neste ano de 2011 como nunca nas últimas décadas!
E todas as mudanças pioraram o ambiente político global para Israel.
Acontecem terremotos em todos os lugares.
O amor de muitos têm se esfriado no mundo como um todo.
Um bilhão de pessoas passa fome.
Existem sinais nos céus em profusão para os próximos tempos.
Tsunamis já fazem parte da nossa cultura contemporânea.
Falsos profetas, pastores, apóstolos e tudo o mais proliferam.
O engano cresce.
O sol assusta.
Estudos científicos descrevem como possibilidades de curto prazo, fatos proféticos de nossa Bíblia, como inversão de pólos magnéticos, a terra fora de sua órbita, pessoas construindo abrigos subterrâneos.
A economia global parece que vai quebrar de novo, e aponta para uma moeda global breve. Temos totais condições tecnológicas de obrigar pessoas a não poderem comprar nem vender sem uma marca. Temos controles em todos os lugares por cartões magnéticos, celulares, câmeras de segurança, satélites, reconhecimentos por íris, mãos, chips.
O preço do trigo sobe...
O movimento ecumênico parece crescer, e pastores conhecidos, famosos, influentes também fazem parte. Ou, ainda, não concordam nem discordam... hmmmm!!!
Por outro lado, intolerância religiosa.
Guerras. Rumores de guerras.
Muitos ficaram apavorados com uma gripe global...
Pecado não é mais pecado.
O Evangelho pregado é outro...
A agenda gay chegou para ficar.
Não param de nos bombardear com ETs, UFOs, lobisomens, vampiros, demônios, universos paralelos, realidades virtuais, filmes de Hollywood.
Bem, você acompanhou o raciocínio.
Você poderá listar outros indicadores... eu também.
Estou seriamente pensando que, sim, estamos na 70ª Semana de Daniel... que não combina, necessariamente, com a grande tribulação de Apocalipse integralmente.
Mas contém a grande tribulação, com certeza.
Meu querido, se você ler Apocalipse novamente, verá que em nenhum lugar encontramos um período de Tribulação marcado para exatos 7 anos.
Enquanto quantidade de tempo descrito, encontramos apenas períodos de 3 anos e meio, 42 semanas e tempo, tempos e metade de um tempo.
Por inferência, assumimos equivocadamente, creio, que a 70ª Semana de Daniel bateria exatamente com os eventos de tribulação narrados em Apocalipse.
Mas pense comigo...
Para cumpri-los literalmente, não precisamos da divisão clássica de 7 anos em duas metades.
Podemos perfeitamente compreender a visão dos midi-tribulacionistas.
Podemos perfeitamente pensar como José (um tipo de Jesus na Bíblia), que disse, "no momento em que foi se revelar aos seus irmãos (percebe o paralelo?)" que já tinham se passado 2 anos de fome e que haveriam mais 5.
Veja, José dividiu 7 anos em 2 anos e mais 5 anos!
Por que não?
Podemos ainda, perfeitamente, pensar que de hoje até o fim de 2017 temos "quase" 7 anos, se pensarmos que o ano em Israel não vira na mesma data do nosso, e que os dias serão abreviados...
Podemos e devemos pensar em escatologia fora da caixa dos teólogos que vieram antes de nós, sem deixar de sermos bíblicos!
Deixar de ser bíblicos, isso NUNCA!
Mas, enfim, é tempo de avaliarmos tudo.
De nos santificarmos.
De estarmos prontos para ser arrebatados hoje.
De estarmos prontos para passar por eventos apocalípticos que não pensamos que fossemos passar.
Sem perder a fé.
Sem perder a certeza de quem somos em Jesus.
Sem seguir falsos profetas, mestres, apóstolos, “cristos”...
Eu não sou dono da verdade.
Não leve a sério quem se declara como sendo.
Sou alguém que deseja, sinceramente, aprender e compartilhar.
Ouvir e aprender.
Que Deus nos abençoe para isso, em Nome de Jesus.
Enquanto isso, leia a Bíblia.
Veja as notícias, mas com outros olhos...
Veja os sinais.

SHALOM!

Haroldo Maranhão

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

A APOSTASIA E O IBGE


Bem amigos,
A apostasia predita na Palavra para os últimos dias, vem sendo sentida em nosso meio.
Em meus contatos diários com toda a sorte de pessoas, percebo, cada vez mais, um desencanto com uma série de questões ligadas à igreja local.
E, por isso mesmo, vejo um forte desejo de "ser livre"!
Sem igreja, sem pastor, sem regras, sem ter que lidar com os irmãos complicados, sem ter que contribuir, sem ter que ter horários nem compromissos.
Um evangelho genérico, do "eu sozinho".
Em casa.
"Do meu jeito".
"Eu e Deus"...
Uma distorção do conceito verdadeiro de que o "Reino é maior que a igreja", que leva muitos a não fazerem parte da igreja local, por que "fazem parte da igreja invisível".
Do Reino de Deus.
De um sistema "sem placa".
Lindo na tese.
Sutil no engano.
Perverso nos resultados.
Pessoas que não se submetem, que trocam de líderes como trocam de camisa.
Descompromissados.
Vivendo uma vida claudicante, abraçando o mundo, mas permanecendo, supostamente, em Jesus.
Fundamentando suas decisões não no que a Bíblia diz, mas no que "senti em meu coração", e, pior, "Deus me falou"...
Seria muito interessante saber que Deus fala algo no coração que é contrário à Sua Palavra...
Muitos caem neste engano por que não conhecem a Bíblia.
Aliás, muitos destes não lêem a Bíblia regularmente.
Na verdade, muitos nunca leram a Bíblia.
Pior, muitos ouviram alguém pregando uma heresia, e, por não checarem na Palavra, foram enganados...
Querem apenas que alguém ore por elas.
Que alguém lhe imponha as mãos...
Que lhes ministrem "a unção", e, sem ter qualquer trabalho, qualquer esforço, qualquer dedicação, qualquer compromisso...
Recebam tudo o que precisam apenas através de uma ministração de poder.
Não que eu não creia nesta ministração de poder.
Creio, recebo, ministro.
Vivo.
Mas sei que "apenas" isso não faz diferença.
Tem que haver mudança de vida.
Arrependimento.
Transformação.
Consagração.
Santidade.
Palavra.
Vida no Espírito!
Mas, nos últimos tempos, tenho visto esta migração acontecer...
Antes lentamente.
De uma maneira quase imperceptível.
Mas agora, nos últimos tempos, de uma forma mais acelerada, diante de nossos olhos.
Pessoas buscando um outro evangelho.
O que prega: seja feliz, seja vitorioso, seja abençoado, fique rico, viva a vida, venha para nós, seja um "sócio contribuinte", pague seu "carnê" em dia e receba as bênçãos de Deus.
E a pessoa se torna um número estatístico, perdida na multidão do ministério.
E ninguém a pastoreia, ama, suporta, mas também exorta, corrige e repreende.
Os cristãos da nova era tornam-se apenas "clientes de um Deus de balcão".
Na verdade, quase que nem precisam ir pessoalmente.
Podem receber pela TV e pela internet...
No conforto do lar.
Consomem serviços espirituais, sem qualquer compromisso de dar e receber.
Por que, na verdade, querem apenas receber.
Ou frequentam reuniões mais espaçadas, em que precisam "apenas" ir.
E, claro, quando não recebem o que gostariam, mudam de fornecedor.
Afinal, o "freguês" tem sempre razão...
Satisfação garantida ou seu dinheiro de volta.
E em breve, será criado o "código de defesa do consumidor gospel"...
E...o que eu já observava em meu "microcosmo", agora foi medido pelo próprio IBGE, e, talvez, quando sair o resultado do Censo de 2010, seja ainda pior...
Crescendo dia a dia.
O evangélico sem igreja fixa.
Talvez. algo como crente não praticante!!!
Misericórdia.
Foi exatamente isso o eu que li agora há pouco no UOL, em link para a Folha de São Paulo.
Aqui e aqui.
E esta é uma marca importante dos últimos dias.
A apostasia!
Conforme já tinha inclusive escrito aqui, que o amor de muitos vai esfriar nos últimos dias...
Texto este que se tornou o sétimo post mais lido neste ano e meio que estou por aqui.
Bem, querido, esta é uma tragédia contemporânea.
Mas também, uma marca clara de que estamos nos últimos dias.
Venho aqui para fortalecer sua vida.
Para exortar, se me permite.
Para encorajar, se me for possível, pela graça de Deus.
Para profetizar que você seja dos que "perseveram".
Fique firme em sua igreja local.
Faça parte.
Leia a Bíblia.
Ouça os pastores,  apóstolos e líderes que Deus levantou sobre sua vida.
Abençoe e influencie outras pessoas.
Não fique em casa, mas saia para congregar.
Faça parte.
Envolva-se.
Seja frutífero, faça a diferença, ajude a fortalecer os que fraquejam...
Faça isso por que agora falta tão pouco em nossa corrida...
Estamos quase chegando...
Não permita que o diabo o leve para fora, para que, ao se esfriar, você seja uma presa mais fácil.
Em Nome de Jesus, não fique de fora do arrebatamento da Noiva.
(Recomendo que você leia o texto no blog o meu pastor, Apóstolo Arles, sobre o sistema de casamento judaico que inspira a forma como Jesus vem buscar Sua Noiva, clicando aqui.)
Não queira conhecer o anticristo nem o seu sistema.
Seja achado digno de escapar das coisas que virão.
Deus abençoe sua  vida.
Deus o fortaleça.

Veja os sinais...

SHALOM!

Haroldo Maranhão

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

SETEMBRO! Até na CNN!!! (Elenin, Nibiru, Trombetas(?) e não sei o que mais...)

Bem amigos,
Este post é quase uma continuação do anterior.
Hoje recebi de um querido amigo meu um link com praticamente tudo o que tenho publicado e que tenho lido na chamada "mídia alternativa".
Nada de novo, no que diz respeito ao conteúdo.
Basicamente o que tenho lido, o que creio, o que tenho buscado confirmação.
O que tenho observado até mesmo aguardando determinadas datas, para que possa ter certeza do que virá.
E ainda mais, para que eu possa discernir com mais clareza em que ponto estamos no que diz respeito ao cenário dos últimos dias.
Como já disse aqui, creio que a revelação é progressiva.
Creio que analisando o que acontece ao nosso redor, poderemos discernir com mais clareza em que ponto estamos.
Mas confesso, fiquei bastante impactado ao perceber que todo este conteúdo, até agora, de certa forma considerado como "alternativo", fez parte de uma matéria na, considerada séria e internacional, CNN!
Foi este o link que recebi.
E é o que compartilho aqui.
Está em inglês, mas é praticamente o mesmo conteúdo que publiquei no post anterior.
Para pessoas que só acreditam no que sai na chamada mídia confiável... um prato cheio.
Veja aqui!

(ATUALIZADO EM 01/09/2011
CURIOSAMENTE, A CNN RETIROU A PÁGINA E DEIXOU UMA MENSAGEM EXPLICANDO QUE AS MATÉRIAS ALI PUBLICADAS NÃO FORAM CHECADAS POR ALGUM EDITOR DA CNN.
MAS QUE A MATÉRIA PARA DEBATE ENTRE OS LEITORES NÃO FOI VETADA.
ENTRETANTO, EMBORA NÃO TENHA SIDO VETADA, NÃO ESTÁ MAIS DISPONÍVEL!!!
INTERESSANTE, NÃO ACHA???)

(ATUALIZADO EM 12/09/2011 - FELIZMENTE, O GERSON, AMIGO PESSOAL E AMIGO DESTE BLOG, TINHA COPIADO A MATÉRIA DA CNN. INCLUO ABAIXO, APÓS O FINAL DO POST, EM FORMATO DE TEXTO, QUE EMBORA NÃO TENHA O MESMO EFEITO VISUAL DO SITE, PERMITIRÁ QUE VOCÊ TENHA ACESSO AO QUE A REDE TINHA PUBLICADO. GRATO AO GERSON!)

O título da matéria, se traduzido é: Elenin, terremotos e você!!!
Na CNN!!!
Se você não lê inglês, veja no meu post imediatamente anterior um conteúdo equivalente...
Minha sugestão?
Leia a sua Bíblia.
Acompanhe os acontecimentos dos próximos dias.
Acompanhe comigo aqui no BLOG.
Mas...
Veja os sinais!

Deus abençoe,

Haroldo Maranhão

http://ireport.cnn.com/docs/DOC-640370


Comet ELENIN, Earthquakes, And YOU.

July 25, 2011
austin, Texas
Vetting explained

Posted by:

OpenThineEye

• Viewed 37,432 times

• Shared 872 times

• Last updated: July 25, 2011

iReport —

Nov 9, 2011 the earth will supposedly cross the threshold of the debris tail of ELENIN on the same plain (assuming ELENIN is a real object that would be catastrophic).

This is a cool interactive NASA chart displaying the comets trajectory through the solar system:

http://ssd.jpl.nasa.gov/sbdb.cgi?sstr=c%2F2010+X1&orb=1

ELENIN, according to some researchers stands for Extinction Level Event Notable Impact November — also encoded into the name is Elevin Nine (Nov. 9), and LEONID (a meteor shower that peaks in November).

So is NASA worried? Not on the surface. They did release this internal video for their employees concerning emergency preparedness, though:

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=zyKopmPV0PQ#at=69

This also ties in with the massive gearing up of underground bases recently built, specifically under the new Denver International Airport.

http://www.youtube.com/watch?v=0gxlZCdyed4&feature=related

This incoming object appears to be massive. The strange thing is that only a select few sources worldwide have seen the object a few of which we traced back to DARPA directly.

Big seems to be the appropriate word for we now have the first actual astronomical calculations that puts the coma (the part they can see is 50,000 miles in diameter) Yes a big rock!

“On April 8th at our Russian observatory we carried out planned observations of Comet C/2010 X1 (Elenin). An analysis of the results of the observations shows a rapid growth of the coma. Besides the internal compact gas envelope, the forming rarified external coma is also visible in the image.

Its diameter exceeds 1 minute of arc, or 80,000 km! It is possible that such a rapid growth of the coma is associated with the apparent superposition over it of the comet’s dust tail, which after opposition, still remains invisible to the earthly observer.”

The coma is what astronomers actually see and is actually much bigger than the core. It’s the green in the second above picture that they are saying is 80,000 km or 50,000 miles across. We could estimate that the core might be half the diameter of the coma or approximately 25,000 miles. Big enough—it seems to be already stirring up the Earth under our feet.

We have news out of Cornell University that sustains the view that Elenin is playing a direct part in causing large earthquakes.

Professor Mensur Omerbashich is saying that his “georesonator concept in which tidally induced magnification of Earth masses’ resonance causes seismicity.” This trashes NASA’s assertion that the humongous earthquake we saw in Japan and before that with the ones in Chile and New Zealand were coincidental with alignments between Elenin, the Earth and the Sun.

The earth’s seismicity can arise as a natural response

of our planet to its alignments with other celestial objects.

Professor Mensur Omerbashich

Omerbashich demonstrates empirically that “all strong (~M6+) earthquakes of 2010 occurred during the Earth’s long astronomical alignments within our solar system. He shows that the same holds true for all very strong (~M8+) earthquakes of the decade of 2000s.

He asserts that the “comet C/2010 X1 (Elenin) has been adding to robustness in terms of very strong seismicity since 2007. Elenin will continue intensifying the Earth’s very strong seismicity until August-October, 2011.”

It seems like every time Elenin lines up with Earth and another planet or the Sun we have an earthquake, the nearer Elenin gets the bigger the earthquakes.

Now of course we have many earthquakes and if we showed them all, this chart would then lose much of its meaning. The 9.1 earthquake in Japan though will never lose its meaning and it happened on cue with an alignment with Elenin.

Past Elenin Alignments and Earthquakes:

Past Alignments Date Location Magnitude

Elenin – Earth – Sun Feb 20 2008 Indonesia 7.4

Elenin – Earth – Sun Feb 25 2008 Indonesia 7.2

Elenin – Earth – Neptune May 12 2008 China 7.9

Elenin – Earth – Sun Feb 18 2009 Kermadec Islands 7.0

Elenin – Earth -Jupiter May 18 2009 Los Angeles, US 4.7

Elenin – Mercury- Earth July 15 2009 New Zealand 7.8

Elenin – Mercury – Earth Aug 09 2009 Japan 7.1

Elenin – Sun – Earth Sept 09 2009 Sunola islands 8.1

Elenin – Earth – Venus Feb 18 2010 China/RU/N.Korea 6.9

Elenin – Earth-Sun Feb 25 2010 China 5.2

Elenin – Earth-Sun Feb 26 2010 Japan 7.0

Elenin – Earth- Sun Feb 27 2010 Chile 8.8 [Earth knocked off axis]

Elenin – Earth- Sun Feb 27 2010 Argentina 6.3

Elenin – Earth – Mercury Mar 04 2010 Taiwan 6.3

Elenin – Earth – Mercury Mar 04 2010 Vanuatu 6.5

Elenin – Earth – Mercury Mar 05 2010 Chile 6.6

Elenin – Earth – Mercury Mar 05 2010 Indonesia 6.3

Elenin – Earth – Mercury Mar 08 2010 Turkey 6.1

Elenin – Earth – Neptune May 05 2010 Indonesia 6.6

Elenin – Earth – Neptune May 06 2010 Chile 6.2

Elenin – Earth – Neptune May 09 2010 Indonesia 7.2

Elenin – Earth – Neptune May 14 2010 Algeria 5.2

Elenin – Earth – Jupiter Jan 03 2011 Chile 7.0

Elenin – Earth – Sun March 11 2011 Japan 9.0 [Earth knocked off axis]

Future Elenin Alignments:

Future Alignments Date Note

Elenin – Mercury – Mars – Earth Sept 06 2011

Mercury – Sun – Elenin Sept 25 2011

Sun – Elenin – Jupiter Oct 11 2011 Elenin 0.246au from Earth; that’s a quarter of the distance to the sun.

Oct 17 2011 Elenin closet to earth 0.232au

Oct 20 2011 Elenin will enter Earth orbit and we will experience a gravitational pull.

Nov 02 2011 Earth enter Elenins tail/ previous path

Venus – Earth- Elenin – Mercury Nov 11 2011

Sun – Mercury – Earth – Elenin Dec 04 2011

Mars – Elenin – Jupiter Dec 25 2011

Final Alignment: Elenin – Earth – Sun Dec 21 2012

The next alignment occurs on September 6th. Watch the news on this date for a large earthquake. Use this as a barometer. If a massive quake occurs, then you know this info has substance.

Many sceptics are out there. You have to look at all the info before making a snap decision.

Below you will see two articles, one from the Washington Post and another from The New York Times from 28 years ago, but read them like they were printed yesterday. Astronomy deals practically with eternity so what is 28 years? NASA came right out and admitted they found a massive very cold body outside the solar system.

Now they are not saying a thing about this or whether this massive comet has anything to do with their discovery almost three decades ago. What could possibly be their motive for keeping a tight lid on this terribly important subject?

Mass panic concerns, obviously.

Washington Post

Mystery Heavenly Body Discovered

31-Dec-1983

A heavenly body possibly as large as the giant planet Jupiter and possibly so close to Earth that it would be part of this solar system has been found in the direction of the constellation Orion by an orbiting telescope aboard the U.S. infrared astronomical satellite. So mysterious is the object that astronomers do not know if it is a planet, a giant comet, a nearby “protostar” that never got hot enough to become a star, a distant galaxy so young that it is still in the process of forming its first stars, or a galaxy so shrouded in dust that none of the light cast by its stars ever gets through. “All I can tell you is that we don’t know what it is,” Dr. Gerry Neugebauer, IRAS chief scientist for California’s Jet Propulsion Laboratory and director of the Palomar Observatory for the California Institute of Technology, said in an interview.

The most fascinating explanation of this mystery body, which is so cold it casts no light and has never been seen by optical telescopes on Earth or in space, is that it is a giant gaseous planet, as large as Jupiter and as close to Earth as 50 billion miles. While that may seem like a great distance in earthbound terms, it is a stone’s throw in cosmological terms, so close in fact that it would be the nearest heavenly body to Earth beyond the outermost planet Pluto. “If it is really that close, it would be a part of our solar system,” said Dr. James Houck of Cornell University’s Center for Radio Physics and Space Research and a member of the IRAS science team. “If it is that close, I don’t know how the world’s planetary scientists would even begin to classify it.”

The mystery body was seen twice by the infrared satellite as it scanned the northern sky from last January to November, when the satellite ran out of the super-cold helium that allowed its telescope to see the coldest bodies in the heavens. The second observation took place six months after the first and suggested the mystery body had not moved from its spot in the sky near the western edge of the constellation Orion in that time. “This suggests it’s not a comet because a comet would not be as large as the one we’ve observed and a comet would probably have moved,” Houck said. “A planet may have moved if it were as close as 50 billion miles but it could still be a more distant planet and not have moved in six months’ time.

Whatever it is, Houck said, the mystery body is so cold its temperature is no more than 40 degrees above “absolute” zero, which is 459 degrees Fahrenheit below zero. The telescope aboard IRAS is cooled so low and is so sensitive it can “see” objects in the heavens that are only 20 degrees above absolute zero. When IRAS scientists first saw the mystery body and calculated that it could be as close as 50 billion miles, there was some speculation that it might be moving toward Earth. “It’s not incoming mail,” Cal Tech’s Neugebauer said. “I want to douse that idea with as much cold water as I can.”

The New York Times

Clues Get Warm in the Search for Planet X

30-January-1983

John Noble Wilford

Something out there beyond the farthest reaches of the known solar system seems to be tugging at Uranus and Neptune. Some gravitational force keeps perturbing the two giant planets, causing irregularities in their orbits. The force suggests a presence far away and unseen, a large object that may be the long-sought Planet X.

Evidence assembled in recent years has led several groups of astronomers to renew the search for the 10th planet. They are devoting more time to visual observations with the 200-inch telescope at Mount Palomar in California. They are tracking two Pioneer spacecraft, now approaching the orbit of distant Pluto, to see if variations in their trajectories provide clues to the source of the mysterious force. And they are hoping that a satellite-borne telescope launched last week will detect heat “signatures” from the planet, or whatever it is out there.

The Infrared Astronomical Satellite was boosted into a 560-mile-high polar orbit Tuesday night from Vandenberg Air Force Base, CA. It represents an $80-million venture by the United States, Britain and the Netherlands. In the next six or seven months, the telescope is expected to conduct a wide-ranging survey of nearly all the sky, detecting sources not of ordinary light, but of infrared radiation, which is invisible to the human eye and largely absorbed by the atmosphere. Scientists thus hope that the new telescope will chart thousands of infrared-emitting objects that have gone undetected—stars, interstellar clouds, asteroids and, with any luck, the object that pulls at Uranus and Neptune.

The last time a serious search of the skies was made, it led to the discovery in 1930 of Pluto, the ninth planet. But the story begins more than a century before that, after the discovery of Uranus in 1781 by the English astronomer and musician William Herschel. Until then, the planetary system seemed to end with Saturn.

As astronomers observed Uranus, noting irregularities in its orbital path, many speculated that they were witnessing the gravitational pull of an unknown planet. So began the first planetary search based on astronomers’ predictions, which ended in the 1840s with the discovery of Neptune almost simultaneously by English, French and German astronomers.

But Neptune was not massive enough to account entirely for the orbital behavior of Uranus. Indeed, Neptune itself seemed to be affected by a still more remote planet. In the late 19th century, two American astronomers, William H. Pickering and Percival Lowell, predicted the size and approximate location of the trans-Neptunian body, which Lowell called Planet X.

Years later, Pluto was detected by Clyde W. Tombaugh working at Lowell Observatory in Arizona. Several astronomers, however, suspected it might not be the Planet X of prediction. Subsequent observations proved them right. Pluto was too small to change the orbits of Uranus and Neptune; the combined mass of Pluto and its recently discovered satellite, Charon, is only one-fifth that of Earth’s moon.

Recent calculations by the United States Naval Observatory have confirmed the orbital perturbation exhibited by Uranus and Neptune, which Dr. Thomas C. Van Flandern, an astronomer at the observatory, says could be explained by “a single undiscovered planet.” He and a colleague, Dr. Robert Harrington, calculate that the 10th planet should be two to five times more massive than Earth and have a highly elliptical orbit that takes it some 5 billion miles beyond that of Pluto—hardly next door but still within the gravitational influence of the Sun.

Some astronomers have reacted cautiously to the 10th-planet predictions. They remember the long, futile quest for the planet Vulcan inside the orbit of Mercury; Vulcan, it turned out, did not exist. They wonder why such a large object as a 10th planet escaped the exhaustive survey by Mr. Tombaugh, who is sure it is not in the two-thirds of the sky he examined. But according to Dr. Ray T. Reynolds of the Ames Research Center in Mountain View, CA, other astronomers “are so sure of the 10th planet, they think there’s nothing left but to name it.”

At a scientific meeting last summer, 10th-planet partisans tended to prevail. Alternative explanations for the outer-planet perturbations were offered. The something out there, some scientists said, might be an unseen black hole or neutron star passing through the Sun’s vicinity. Defenders of the 10th planet parried the suggestions. Material falling into the gravitational field of a black hole, the remains of a very massive star after its complete gravitational collapse, should give off detectable X-rays, they noted; no X-rays have been detected. A neutron star, a less massive star that has collapsed to a highly dense state, should affect the courses of comets, they said, yet no such changes have been observed.

More credence was given to the hypothesis that a “brown dwarf” star accounts for the mysterious force. This is the informal name astronomers give to celestial bodies that were not massive enough for their thermonuclear furnaces to ignite; perhaps like the huge planet Jupiter, they just missed being self-illuminating stars.

Most stars are paired, so it is not unreasonable to suggest that the Sun has a dim companion. Moreover, a brown dwarf in the neighborhood might not reflect enough light to be seen far away, said Dr. John Anderson of the Jet Propulsion Laboratory in Pasadena, CA. Its gravitational forces, however, should produce energy detectable by the Infrared Astronomical Satellite.

Whatever the mysterious force, be it a brown dwarf or a large planet, Dr. Anderson said he was “quite optimistic” that the infrared telescope might find it and that the Pioneer spacecraft could supply an estimate of the object’s mass. Of course, no one can be sure that even this discovery would define the outermost boundary of the solar system.

So the signs are out there. The Government has prepared underground bases and has continuity of government procedures in place. Notable among them are:

1. REX84 (Readiness Exercise 1984)

Activated due to a catastrophic event that is yet to take place.

2. A Pentagon announced plan that directly correlates with a 2009, Army funded, Rand Corporation study that called for an internal United States police force to combat civil unrest. The plan basically calls for the deployment of a 20,000 strong internal troop force inside the continental United States (CONUS) that was set to be trained by 2011, thus dovetailing into the current troop and equipment movements around the country reported by truckers as well as many more troop sightings by everyday citizens.

SO WHAT CAN YOU DO?

That all depends on what you believe. You can choose NOT to see the signs and go about your daily lives without a care, or you can try and prepare yourself and your family for any contingency.

Be prepared for massive earthquakes. Stock up on food, water, and ammunition.

Be prepared to get underground during the passage through the comets tail on November 9th. Our magnetosphere that day will not protect us.