segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

A ALEGRIA DO SENHOR É A NOSSA FORÇA


Em um tempo tão difícil, é importante entendermos os recursos que Deus nos oferece em Sua Palavra.
Apesar das circunstâncias.
Assim, quero compartilhar com você uma palavra que a Fúlvia pregou na igreja no mês passado.
Você pode clicar aqui, no título da própria palavra, que é A alegria do Senhor é a nossa força.
Você vai acessar o áudio, que é gratuito para ouvir, ou para download.
Tenho certeza que será bênção em sua vida, e, se você concordar comigo, compartilhe com seus amigos...
Deus abençoe!

SHALOM!

Haroldo Maranhão

domingo, 19 de fevereiro de 2012

MADONNA: O SHOW DO FIM DO MUNDO


Bem amigos do BLOG!
Eu não assisti a final do Super Bowl, mas confesso que tudo o que vi me fez pensar, e muito.
Já falei aqui algo sobre os "ídolos da música", os "astros do showbiz" e os "deuses de hollywood" (propositadamente tudo em letra minúscula) e em como tudo isso está ligado a algo muito espiritual.
Escrevi um post Lady Gaga e o feitiço da nova era.
Alguns gostaram muito, e me disseram que abriu seus olhos para muita coisa, e blá, blá, blá...
Mas muitos cristãos acreditam que "não tem nada demais ouvir estas músicas, e ir a estes shows, e que isso é religiosidade e conversa careta"...
Que eu estou ficando velho...
Entretanto, cada dia mais, cada vez mais, percebo que, sutilmente, estes shows tem se transformado cada vez mais em cultos a demônios, e preparação de estados alterados de conciência para aprofundamento de relacionamentos espirituais.
Na verdade, declarações proféticas do que está por vir.
Do que eles estão fazendo.
Na maioria destes shows, ocorre consumo de drogas desenfreado, bebidas sem limites, e toda sorte de envolvimentos entre as pessoas enquanto pulam e dançam.
E em assim fazendo, a maioria nem mesmo presta atenção nas letras que estão gritando junto com o cantor ou banda, e nem mesmo nas performances que acontecem no palco, que, para estes, são estravagantes ou exóticas apenas para "criar um clima"...
Uma grande brincadeira...
E também não percebem os símbolos que fazem parte da decoração, os que são projetados em frações de segundos, tamto nos feixes de laser ou nos fantásticos telões que ficam "dançando" junto com a "galera" no ritmo do show...
Eu consigo entender, e lamentar, que pessaos sem o Espírito Santo de Deus, abracem estes shows como cultos que são parte de sua religião, (por que são, embora não saibam) que os leva a passos largos para um lugar absolutamente distante de Deus... e terrivelmente desagradável...
Sem volta.
Mas não consigo entender como tantos cristãos permitem-se ter seus "cérebros lavados" por este sistema que faz tudo, cada vez mais, às claras...
Escancaradamente...
Por que sabem que não tem mais muito tempo...
E a hora é de correr.
Perguntaria aos que dizem que não faz a menor diferença ouvir estas músicas, frequentar estas "vibes" e participar destes shows, como é sua vida espiritual...
Suas experiências com Deus.
Sua profundidade na Palavra.
Quantas pessoas levaram a Jesus, pelo poder do Espírito Santo?
Quantas pessoas libertaram de demônios pela Unção em suas vidas?
Quais são os frutos do Espírito, segundo Gálatas 5:22, que fazem parte de suas vidas?
Como se relacionam com seus pais?
Como se relacionam com drogas, álcool, e outros vícios?
Como se relacionam sexualmente com pessoas?
Enfim, gostaria de saber se estão caminhando para uma vida de santidade, ou para uma vida mundana... secular... perdida.
Não tenho dúvida que a maioria vai dizer que eu não posso julgar.
Que estou exagerando.
Que digo isso por que sou mais velho...
Mas eu desafio, não a me responder, mas, sim, no silêncio interior de seu coração, a responder a si próprios ou ao Espírito Santo de Deus...
Se é que Ele está aí...
E perguntaria... este tipo de música, shows e tudo o mais está levando para perto de Deus, ou para o sentido reverso?
Enquanto você pensa nisso, vou entrar no post propriamente dito.
O que tem a Madonna a ver com esta introdução?
E o Super Bowl?
O fato de que um culto a demônios de alta patente, principados, foi performado travestido de show musical, transmitido para todo o mundo através de canais a cabo ou outros meios, demonstrando, de forma cada vez mais clara, que eles estão ficando cada vez mais ousados.
E o mundo em geral, cada vez mais alienado do que acontece.
Mortos vivos.
Zumbis.
Madonna apareceu no palco travestida de Ísis, a mãe de Horus/Tamuz, que é um tipo do anticristo.

Veja a semelhança:
Ah! faltou eu mostrar a coroa com o sol, supostamente Horus:

Mas para mim, o que foi mais impressionante nas imagens do show que vi, foi que Madonna se manifestou como Shiva, "o destruidor", como você  pode ver por esta foto:


Não é casual o efeito dos braços multiplicados, mas sim, um efeito que sempre remete a falsa deusa Shiva, que se apresenta assim, e que é uma forma bastante conhecida por todos.
Mas outro aspecto interessante que encontrei, foi no Blog americano "Cindy by the Sea", de que gosto muito (na verdade, Cindy mora no Hawai) onde encontrei esta foto acima, e complementou um pouco do insight que precisava enquanto estava desenvolvendo este post.
Ela acrescenta uma informação interessante com relação a esta foto abaixo:



Cindy explica o que esta pose é:
"Shiva, para os que não estão familiarizados com o Budosmo, é a deusa da transformação, o destruidor. O deus que “destrói para criar e derrubar, para edificar novamente”. Shiva é também conhecido como Nataranja, Senhor da Dança, cuja dança é associada com a criação e a destruição do mundo".
"Além disso, esta idéia de pisar sobre alguém, representado pelo bailarino, representa pisar um demônio ou duente da "ignorância" (veja texto em inglês da Wikipedia aqui)"...
Ou seja, subliminarmente, ela pisa sobre os "ignorantes" que, ao meu ver, aos olhos DELES, são aqueles que assistem sua performance, mas não entendem nada...
A Bíblia diz expressamente, em Apocalipse 9, que o "anjo que caiu do céu na terra", (muito cantado também de forma bem sutil em muitas músicas românticas no Brasil como se fosse uma pessoa amada, e não o próprio lúcifer), irá abrir o poço do abismo com uma determinada chave.
E que ao abrir o poço do abismo, uma horda de demônios horríveis será solta para causar muita dor sobre os homens, e que seu líder ou rei, é o anjo do abismo, cujo nome é Abadom em hebraico e Apoliom em grego, que significa DESTRUIDOR!
Coincidência não?
Seria esta chave a adoração através de shows como este?
Seria esta chave uma chave científica, abrindo um lugar dimensional?
Isso pode fazer mais sentido, por ser ainda mais surpreendente que, na porta das instalações do CERN, onde estão supostamente tentando encontrar a "partícula de Deus" ou o "bóson de Higgs", ou o momento do big bang, ou supostamente o que quer que seja que estão fazendo com aquela máquina tão obscura, esteja também a imagem de Shiva!
Sim, um lugar científico, que deveria cuidar de coisas que nada tem a ver com deuses, divindades,  religiões ou o que quer que seja, mas sim, "apenas" ciência, em sua porta de entrada tem a imagem desta Shiva...
Antes de mais nada, lembro que o logo do CERN tem claramente (aparentemente?) 3 algarismos 6 (ou 9?) interligados entre si...



Vi isso a primeira vez no Blog The Open Scrol no final de 2010, e publiquei no post da virada do ano 2010/2011 como você poderá ler aqui, este que se tornou um de meus posts mais lidos desde o princípio.
Aliás, o autor do Blog tem um  senso de humor parecido com o meu, pelo trocadilho infame de que todos precisariam de mais disCERNimento... hmmmm... um trocadilho que funciona em inglÊs e português, é raro...
Mas voltando...
Neste post publiquei esta foto com a imagem de Shiva na entrada dos escritórios do CERN.
Esta aqui, de dia...


Ou esta aqui, um pouco mais sinistra, a noite:


Bem, para concluir...
Esta idéia da Madonna de invocar Shiva e Isis é, para mim, no mínimo, muito interessante...
Por que eu fiz um exercício há algum tempo com o nome Isis, que é, coincidentemente, o nome do software adotado para liquidar as operações financeiras feitas através de celulares.
Veja:


Algumas pessoas gostam muito de brincar com imagens espelhadas (ou outras semelhantes) para esconder fatos de pessoas que não conhecem os códigos.
Isso acontece muito naquelas brincadeiras de salão em que algumas pessoas são retiradas da sala, enquanto as que ficam são informadas de que devem fazer determinados movimentos ou palavras... quando as pessoas que foram retiradas da sala voltam, não entendem nada do que está acontecendo, por que apenas as que ficaram na sala sabem do código... algumas conseguem descobrir, outras não, e permanecem como alvo do riso de todos...
Assim, é muito divertido para aqueles iluminados que conhecem os segredos das informações, por que, embora algo esteja diante dos olhos dos que não conhecem os segredos, estes não conseguem ver.
Daí, veio a conhecida expressão de que em terra de cego quem tem um olho é rei...
Bem, olhando esta logomarca ISIS em caracteres digitais, tive a idéia de inverter espelhadamente para baixo...
E achei bastante curioso que o nome Ísis invertido, por uma incrível coincidência, forma os algarismos bastante conhecidos: 12 21 12, (12 repete o 2 e adiciona o 1 repete o 1 e adiciona o 2) ou seja, 21 de dezembro de 2012!!!
Madonna poderia ter escolhido qualquer fantasia para a final do Superbowl...
Alice no país das maravilhas, Cinderela, Colombina, Mulher Maravilha, Mulher Gato.
Mas escolheu Isis e representou Shiva.
Em 2012.
Bem, você pode continuar achando shows do mundo normais.
Continuar ouvindo as suas músicas e assistindo seus lamentáveis videoclips
Pode continuar achando que é tudo teoria da conspiração.
Que neste ano, nada demais vai acontecer (o fim do mundo, com certeza, não será. Eu sei!).
Que o CERN é apenas ciência.
Que Ísis é da história.
Que Shiva é uma divindade.
Que eu sou paranóico.
Que nada disso tem algo a ver com nada...
Muito menos com o fim dos tempos...
E, eu diria, com muito respeito, que você é uma pessoa muito crédula na indústria do entretenimento, e que tem muita benevolência com todos símbolos, imagens, desenhos, e coisas demoníacas que aparecem em tantos shows.
E diria, com muito respeito, que você deveria orar a Deus, e pedir ao Espírito Santo revelar tudo o que está escondido em seus CDs e DVDs dentro de sua própria casa, dentro do seu quarto, que são, na verdade, objetos de culto a demônios...
E que provavelmente estão fazendo muito mal para sua vida, e você nem percebeu...
E que deveria passar a olhar as coisas com um olhar mais crítico.
Não confiar em tudo o que parece "normal", por que todos fazem, usam ou experimentam...
Faria também, um convite...

Veja os sinais!

SHALOM!

Haroldo Maranhão.


sábado, 18 de fevereiro de 2012

O TERCEIRO DIA...

A Bíblia tem muitas palavras proféticas.
Palavras simbólicas, que, quando encontram apoio em outros textos podem ajudar aos que estudam com diligência a encontrarem tesouros, revelações, confirmações.
Um símbolo importante que eu considero neste contexto profético, é o Terceiro Dia.
A Rainha Ester estava com seus trajes reais, no terceiro dia, defronte à casa do rei, aguardando que pudesse achar favor do rei, para estar em sua presença.
Que figura linda, para pensarmos na figura da Noiva aguardando a autorização para estar diante do Rei!

Ester 5:1 Ao terceiro dia, Ester se aprontou com seus trajes reais e se pôs no pátio interior da casa do rei, defronte da residência do rei; o rei estava assentado no seu trono real fronteiro à porta da residência. 2 Quando o rei viu a rainha Ester parada no pátio, alcançou ela favor perante ele; estendeu o rei para Ester o cetro de ouro que tinha na mão; Ester se chegou e tocou a ponta do cetro.

Moisés também nos apresenta uma visão aterradora da manifestação da presença tremenda do Senhor... sua admoestação para que estivessem prontos, em santidade, ao terceiro dia!
Veja o detalhe das nuvens e trevas, ao clangor de trombeta!
Que figura profética espetacular...

Êxodo 19:15 E disse ao povo: Estai prontos ao terceiro dia; e não vos chegueis a mulher. 16 Ao amanhecer do terceiro dia, houve trovões, e relâmpagos, e uma espessa nuvem sobre o monte, e mui forte clangor de trombeta, de maneira que todo o povo que estava no arraial se estremeceu. 17 E Moisés levou o povo fora do arraial ao encontro de Deus; e puseram-se ao pé do monte. 18 Todo o monte Sinai fumegava, porque o SENHOR descera sobre ele em fogo; a sua fumaça subiu como fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia grandemente. 19 E o clangor da trombeta ia aumentando cada vez mais; Moisés falava, e Deus lhe respondia no trovão. 20 Descendo o SENHOR para o cimo do monte Sinai, chamou o SENHOR a Moisés para o cimo do monte. Moisés subiu.

A conclusão do texto de que Moisés subiu, é linda e tremenda, não acha?
Subir é exatamente o que estamos aguardando para nossos dias...
A questão é que a maioria do povo fica em baixo... por medo da espantosa presença do Senhor.
O profeta Oséias parece falar da realidade do povo de Deus ao longo dos tempos...

Oséias 6:1 Vinde, e tornemos para o SENHOR, porque ele nos despedaçou e nos sarará; fez a ferida e a ligará. 2 Depois de dois dias, nos revigorará; ao terceiro dia, nos levantará, e viveremos diante dele. 3 Conheçamos e prossigamos em conhecer ao SENHOR; como a alva, a sua vinda é certa; e ele descerá sobre nós como a chuva, como chuva serôdia que rega a terra.

Como o próprio Jesus declara que terminará sua obra ao terceiro dia.
Claro que ele também estava falando sobre Sua morte e ressurreição...
Mas veja...

Lucas 13:31 Naquela mesma hora, alguns fariseus vieram para dizer-lhe: Retira-te e vai-te daqui, porque Herodes quer matar-te. 32 Ele, porém, lhes respondeu: Ide dizer a essa raposa que, hoje e amanhã, expulso demônios e curo enfermos e, no terceiro dia, terminarei. 33 Importa, contudo, caminhar hoje, amanhã e depois, porque não se espera que um profeta morra fora de Jerusalém. 34 Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te foram enviados! Quantas vezes quis eu reunir teus filhos como a galinha ajunta os do seu próprio ninho debaixo das asas, e vós não o quisestes! 35 Eis que a vossa casa vos ficará deserta. E em verdade vos digo que não mais me vereis até que venhais a dizer: Bendito o que vem em nome do Senhor!

Lembre...
Segundo a Bíblia, para o Senhor, um dia é como mil anos e mil anos como um dia.
Jesus ressuscitou na madrugada do terceiro dia...
Jesus morreu e ressuscitou no início desta era.
O primeiro dia, já se cumpriu. Durou de Jesus, até o ano mil.
O segundo dia, já se cumpriu. Durou do ano mil, até o ano dois mil...
Se este raciocínio profético estiver correto, estamos, portanto, na madrugada do terceiro dia...
Já pensou nisso?
Maranata!
Vem Senhor Jesus.
Nada mais falta.
Estamos no início do terceiro dia...
Você está atento ao calendário?
Ao dia?
Ao horário?
Este simbolismo é apenas mais um dos sinais...

Veja os sinais!

SHALOM!

Haroldo Maranhão

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

PRESTE ATENÇÃO NO CÍRCULO DE FOGO!


ATUALIZADO EM 15/02/2012 - 8:25 VEJA NO FINAL DO POST

Bem amigos deste BLOG.
Acabo de ver este mapa com terremotos de forte intensidade, que aconteceram nos últimos dias.
Se você clicar na imagem acima, vai ver os terremotos á esquerda, no Sul do Pacífico, dois no Chile, no Peru, na Costa Rica, na Baixa Califórnia e na Califórnia. À direita, nas Ilhas Salomão e no Japão.
Se você "juntar as pontas do mapa" e olhar no sentido contrário, verá a área conhecida mundialmente como "Círculo de Fogo", área de maior intensidade sísmica e vulcânica de nosso planeta.
Como poderá perceber, a intensidade no em torno aumentou.
E muito.
Tenho acompanhado nos últimos dois anos, como vocês já estão cansados de ouvir, o nível dos terremotos que tem subido bastante.
Mas se a intensidade aumenta no contorno do círculo de fogo, como está explícito, podemos perceber algo que os estudiosos tem analisado.
Já tivemos os terremotos do Chile, do Japão, e de ChristChurch, em que 3 dos 4 "cantos" foram afetados e muito.
Já teria acontecido algum "alívio" no atrito das placas tectônicas, fazendo com que, a partir destes terremotos trágicos, a grande preocupação passe a ser com a Califórnia.
Califórnia, que tem recebido palavras e previsões bastante sombrias quanto à iminência de um terremoto apocalíptico já há algum tempo, inclusive de filmes catástrofe de Hollywood.
Aliás, mesmo antes disso, já há um bom tempo, a comunidade de São Francisco e Los Angeles espera o assim chamado "Big One".
Acho impressionante como as pessoas conseguem viver assim, naquela região, esperando algo que, ou acreditam mesmo ser inevitável, ou duvidam e desafiam, como que andando na beira do precipício...
Confesso que fiquei impressionado com a intensidade dos terremotos e seus contornos neste mapa, como também com o crescimento das erupções dos vulcões existentes no mesmo eixo, que estão cada dia mais despertando...
Até quando?

Veja os sinais...

SHALOM!

Haroldo Maranhão

Reforçando, o forte terremoto de 6 graus na costa de Oregon desta madrugada, bem como o demais entre a postagem e o dia de hoje, como pode ser visto no mapa abaixo atualizado, começam a apresentar uma importante evolução na sequência sísmica, que precisamos acompanhar com cuidado...
Veja o mapa...

sábado, 11 de fevereiro de 2012

2012 SEGUNDO O GLOBO REPÓRTER


Acabo de assistir ao Globo Repórter sobre 2012.
Fui avisado pelo meu filho sobre o programa.
E depois, por outros amigos, que também lembraram de me avisar.
Talvez, alguns tenham feito isso por que perceberam meu silêncio neste espaço.
E, talvez, pensaram em me pautar.
Provocar.
Se não era a intenção, foi este o efeito.
Faz mesmo algum tempo que não tenho conseguido escrever o conteúdo a que me propus a escrever.
Reconheço que lendo o que leio, ouvindo o que ouço, discernindo o que discirno, vejo cada dia mais a alienação das pessoas, diante de fatos que, por indiscutíveis diante dos próprios olhos, mereceriam uma reflexão.
No mínimo.
"Normalcy Bias" ao vivo é algo assustador.
(Se você não conhece o conceito, leia o que escrevi aqui sobre isso)
E eu estou tentando manter minha sanidade, equilíbrio e compreensão do que acontece à minha volta.
Equilíbrio bíblico, escatológico, emocional e, claro espiritual.
Mas quando assisto algo como o que acabei de assistir, sou compelido a escrever.
Talvez, até de forma meio emocional.
Passional.
Em primeiro lugar, digo que a edição do programa foi,  no mínimo, para dizer o mínimo (sim, estou sendo redundante propositadamente), infeliz.
A única pessoa ligada a qualquer "estrutura religiosa" que seja, para falar algo que se diz associado a profecias, pensamentos antigos, e sempre associados a religiões, foi um pastor, destes pregadores de rua.
Corrigindo, no caso, de praça.
Especificamente, da Praça da Sé em São Paulo.
Um homem que, se sincero (não o conheço, não tenho como avalisar sua intenção), deveria ser considerado como admirável.
Alguém a ser imitado.
Não se envergonha de ir às ruas pregar o que crê.
Por sentir urgência de transmitir o que entende ser valioso.
A despeito das críticas, da zombaria, da desconfiança.
Do ridículo.
Sou informado pela própria edição do programa que ele faz isso já há doze anos, comprovado pela exibição de um vídeo antigo.
E este senhor, claro, foi apresentado de uma forma sutil, como uma peça exótica em um programa supostamente sério.
Sua pregação sobre o fim do mundo foi desqualificada pela edição que o apresenta pregando a mesma palavra há doze anos.
E por que nada aconteceu até agora, o raciocínio é que nada irá acontecer agora...
O fato de que ele prega isso há anos e nada aconteceu, é subjetivamente desqualificador.
Subliminarmente, somos levados a pensar que as "religiões" que falam isso há muito tempo estão equivocadas.
Por que até agora nada aconteceu.
Por que isso é religião.
Não é algo científico.
E este pastor suado, de fala simples, rude, é o único conteúdo ligado à Bíblia apresentado no programa inteiro!
Nenhum teólogo, bispo, especialista, estudioso, nada.
Seja católico, seja evangélico.
Apenas este homem simples.
Que foi o único, em todo o programa, que falou a verdade.
Sensata.
Bíblica.
Sabia o que estava dizendo há pelo menos doze anos.
Que o mundo sim, vai acabar.
E que ninguém sabe quando.
E assim, pela edição, em menos de 3 minutos de programa, eliminaram a Bíblia.
A desqualificaram junto com o pregador.
E passaram a apresentar pessoas mais sensatas, aparentemente.
Pelo menos por sua formação.
E pela apresentação.
Sem suor, em locais belos, casas bem construídas.
Físico quântico, advogada, sociólogo, psicólogo, cientista...
Pessoas formadas...
Que encontraram lugares seguros.
Estilos de vida seguros.
Embora exóticos em sua forma, mais centrados em sua realização.
Sítios, propriedades, construções.
Bunkers subterrâneos seguros.
Ficamos sabendo que a Chapada dos Veadeiros é considerado um dos lugares mais seguros do mundo.
E que aqui no nosso Planalto Central, de tão seguro, tem atraído pessaos do mundo todo.
Ou pelo menos os estudiosos, esotéricos, astrõlogos, mentalizadores, sensitivos, preceptores.
Vivendo em casas seguras.
Preparando estoques de alimentos seguros.
Plantações auto sustentáveis seguras.
Containers de água seguros.
Roupas, medicamentos, máscaras, meditações.
Conexões da alma com o planeta.
Da meditação com a terra.
Elevação.
Energização.
Em dado momento, a repórter pergunta para um homem jovem de bermudas, líder das mentalizações, sentado na terra, pés descalços, que prega alguma coisa sobre 13 luas.
- "Então o mundo não acaba em 2012?"
E ele, do alto de seu conhecimento esotérico, fundamentado em sei lá eu o que diz, com segurança, voz pausada: - "Não" E apresenta sua explicação.
Corte rápido.
Pronto.
Fique tranquilo.
Ele falou na tela da Globo, e, portanto, esta é a verdade.
Ao longo do programa, mais à frente, uma informação científica!
Um cientista hispânico da NASA (sim... não escolheram um americano... curioso não?) fala, em nome da Agência, que não há o que temer!
"Estamos observando tudo.
Sim, o mundo vai acabar, mas apenas daqui a milhões de anos!?!?!?!"
Nos próximos anos, não.
Estamos observando todo o sistema solar. Não há riscos".
Outro cientista aparece para nos alertar que, talvez, uma mudança de elipse do Apophis em sua próxima passagem possa causar algum problema na sua passagem subsequente... no futuro, como 2036... "
Não tão longe, mas também, não tão perto.
E ficamos todos tranquilos então.
Agora sim.
Se a NASA falou, e a Globo divulgou... estamos seguros...
E vem o intervalo, com a cerveja, o carnaval, a mulher nua dançando.
Todos rindo, felizes...
Tristes pessoas que confiam em coisas tão sem sentido.
Palavras tão vazias.
Informações vindo de pessoas desprovidas de história, de conteúdo, de informações.
Apresentando soluções frágeis, com aparência de seguras.
Estratégias de sobrevivência rasas, apresentadas como profundas.
Como se pudessem se esconder do que ninguém poderá evitar quando vier...
O Dia do Senhor!
Bem amigos deste BLOG!
Fico passado com a desinformação, distorção, confusão, para não dizer enganação sobre tudo o que virá.
Por que virá.
Os Maias viraram os mais sábios acima de todos.
Os de civilização avançada, que podem prever a data do fim com milhares de anos de antecedência...
Mas que não puderam evitar o seu próprio fim...
Ninguém considera isso...
Fico pensando sobre estas pessoas que tem estoques de alimentos, água e tudo o mais...
Que crêem que estão seguras em ter tudo isso para um momento em que outros não terão...
Minha pergunta é... tem estoque para quanto tempo?
Dependendo do que acontecer, onde vão renovar seus estoques?
Quem vai protegê-las de saques, assaltos e violência para tomar tudo o que estocaram por anos?
Ou pensam estes que, neste suposto cenário de caos, haverá ainda um Estado de Direito, com polícia nas ruas, garantindo a segurança dos que prepararam estoques para o futuro?
Ou acreditam sinceramente, que as pessoas, do lado de fora da sua casa, morrendo de fome e sede, vão respeitar o direito adquirido dos que se prepararam?
Que tipo de segurança estas pessoas tem de que vão usufruir de seus estoques neste suposto caos?
Minha pergunta enfim é: Em que confiam?
Na horta?
No galão de águas?
Nas galinhas e cabras?
Na casa auto sustentável e biodegradável?
Nas máscaras de gás?
Nos cálculos que os levaram a saber que naquele lugar as águas não chegarão?
Mas e se um asteróide cair?
E se a peste chegar?
E se o sol queimar?
E se as feras atacarem?
E se o exército futuro do sistema do anticristo confiscar?
Quem vai garantir?
Meu Deus do céu...
Quantos pensamentos estranhos.
Quantos alienados.
Ignorando.
Fugindo.
Buscando soluções as mais exóticas.
Insensatas.
Frágeis...
Mas a única palavra de sabedoria...
A do homem simples, pregador de rua...
Que confia na Bíblia e não se envergonha do evangelho...
Passa desapercebida.
Fica desqualificada, espremida na edição.
O rosto suado, a fala simples, inferindo alguém despreparado...
Apenas apoiado na religião e não na ciência...
E acabado o programa, fica a pergunta oculta no ar...
Pergunda não falada, mas que fica no coração do telespectador global...
Pergunta silenciosa, misturada na edição bem feita...
"Você não acredita no fim do mundo, mesmo, né? Mas, se supostamente, o mundo tiver um vim, em quem você vai acreditar? Claro que não é na Bíblia... né?"
E o programa acaba, e a programação continua, e o carnaval vem aí.
Comamos e bebamos que amanhã morreremos...
E assim caminha a humanidade.
Dizendo que o fim já foi previsto antes, diversas vêzes.
E nada aconteceu.
Como acontecia no tempo do Apóstolo Pedro, há dois mil anos, em II Pedro 3:1-14


Amados, já é esta a segunda carta que vos escrevo; em ambas as quais desperto com admoestações o vosso ânimo sincero; para que vos lembreis das palavras que dantes foram ditas pelos santos profetas, e do mandamento do Senhor e Salvador, dado mediante os vossos apóstolos; sabendo primeiro isto, que nos últimos dias virão escarnecedores com zombaria andando segundo as suas próprias concupiscências, e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? porque desde que os pais dormiram, todas as coisas permanecem como desde o princípio da criação. Pois eles de propósito ignoram isto, que pela palavra de Deus já desde a antiguidade existiram os céus e a terra, que foi tirada da água e no meio da água subsiste; pelas quais coisas pereceu o mundo de então, afogado em água; mas os céus e a terra de agora, pela mesma palavra, têm sido guardados para o fogo, sendo reservados para o dia do juízo e da perdição dos homens ímpios. Mas vós, amados, não ignoreis uma coisa: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia. O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; porém é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham a arrepender-se. Virá, pois, como ladrão o dia do Senhor, no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se dissolverão, e a terra, e as obras que nela há, serão descobertas. Ora, uma vez que todas estas coisas hão de ser assim dissolvidas, que pessoas não deveis ser em santidade e piedade, aguardando, e desejando ardentemente a vinda do dia de Deus, em que os céus, em fogo se dissolverão, e os elementos, ardendo, se fundirão? Nós, porém, segundo a sua promessa, aguardamos novos céus e uma nova terra, nos quais habita a justiça. Pelo que, amados, como estais aguardando estas coisas, procurai diligentemente que por ele sejais achados imaculados e irrepreensível em paz; Bem amigos, este é um post que é também um desabafo.
É uma bênção poder manifestar minha opinião e, de alguma forma, ter com quem falar.
Que bom que você passou por aqui.
Sabe por que?
Por que quero que você saiba que, se preciso me associar ou me identificar com alguém, após ter assistido a este desfile de cientistas da NASA, de física quântica, psicólogos, sociólogos, gestores, engenheiros, advogados, enfim, todos os personagens que foram apresentados no programa, eu prefiro, sinceramente, me associar a aquele pregador de rua.
E se não vou literalmente pregar na rua, pelo menos (ainda) posso abrir a minha janela aqui da internet e falar o que penso.
O que creio.
Que está aqui, ao longo de dois anos de textos diversos.
Sei que alguns de vocês vão me achar ridículo.
Por que alguns já acham, e me falaram isso explicitamente.
Outros, porém, vão entender o que estou pregando...
Como muitos já fizeram, graças a Deus.
E estes, vão encontrar A Verdade, que não está em mim, ÓBVIO!
Mas está em Jesus.
O Único Caminho.
A Única Solução para tudo o que virá...
POR QUE VIRÁ.
Conheça a Jesus.
Saia do meio da multidão...
Ainda há tempo... não sabemos quanto.

SHALOM!

Haroldo Maranhão